Ver Mensagem
Não lido Dom, 27 de Setembro de 2009   #4
Campos
 
Membro desde: 17-Fev-2008
Local: Oliveira de Azeméis/Caldas da Rainha
Mensagens: 1.135
Campos é mesmo fixeCampos é mesmo fixeCampos é mesmo fixeCampos é mesmo fixeCampos é mesmo fixeCampos é mesmo fixeCampos é mesmo fixe
Re: aqui estou eu outra vez..

Citação:
Mensagem Original de JP_ Ver Mensagem
Tá fixe, mas tens que te descontrair mais a tocar. Não te chateies se não consegues controlar uma coisa que parece ser simples. Se fizeres aquilo que sabes, o que agora não sabes vai começar a aparecer, e vais começando a dominar mais coisas. Se tocares o que não sabes e só o que não sabes, não tens segurança para aprender, porque não estás a fazer o que sabes, percebes o que quero dizer?

O tempo está bom, mas às vezes descambas um pouco, e é precisamente quando fazes alguma coisa mais insegura.

Pelo que ouvi, pareceu-me que queres começar a fazer variações nos pratos de choque. Aconselhava-te a fazer cenas mais simples primeiro, para depois poderem ir ganhando mais alguma complexidade, ao longo dos tempos. Para começar acho que devias por as notas que costumas usar em ghost nos pratos de choque. Isso não ia ser complicado porque a nota era a mesma, só a peça é que mudaria; e ia ajudar-te a evoluir para outras coisas que fosses descobrindo ao fazer isto.

Para terminar, queria perguntar-te o porque de alguns pressed rolls com um stroke que fazes. É mesmo de propósito?
é mesmo da baqueta estar empenada, as ghost notes tornam-se mais complicadas para mim..

Citação:
Mensagem Original de JP_ Ver Mensagem
EDIT:. Também acho que devias balançar mais o ritmo, para ficar mais groovy, mais funky. Marca o tempo com o pé dos pratos de choque quando estiveres no ride, e não uses o duplo. Assim que metes lá o pé perdes o balanço.
eu nao uso duplo e por acaso estava a marcar o tempo nos choques


abraço e obrigado..
__________________
"Um baterista no estrangeiro pode dizer para uma gaja: Can I Crash your VaChina?"
Campos não está cá agora...   Citar esta Mensagem