Voltar   BateristasPT.com > ENSAIO, APRENDIZAGEM E PARTILHA DE CONHECIMENTOS > Debates técnicos (Workshop, Clínica e Masterclasse "virtual")
Página Principal Registar FAQ Membros Calendário Pesquisar Mensagens de Hoje Marcar Fóruns como Lidos

Debates técnicos (Workshop, Clínica e Masterclasse "virtual") O local para debater aspectos técnicos sobre a bateria e percussão. Uma espécie de sala de aula conjunta online permanente! Rudimentos, Afinação, Exercícios, Postura, Prática, Truques, Esclarecimento de Dúvidas, Dicas e Partilha de Conhecimento! O verdadeiro Workshop Virtual!
ATENÇÃO: Não publiques divulgações/anúncios de concertos e/ou workshops nesta secção! Obrigado!


Resposta
Opções
Não lido Sex, 4 de Dezembro de 2009   #1
Jorge Cardoso
 
Membro desde: 16-Jan-2007
Local: Leiria
Mensagens: 1.054
Jorge Cardoso é mesmo fixeJorge Cardoso é mesmo fixeJorge Cardoso é mesmo fixeJorge Cardoso é mesmo fixeJorge Cardoso é mesmo fixeJorge Cardoso é mesmo fixe
Bateria - Noções básicas

Ora boas malta! Como este magnífico site é populado por colegas, desde aquele que mal sabe montar os pratos de choque, até aquele que parece ter quatro braços e quatro pernas, aqui fica um contibuto da minha parte, para os iniciados da bateria e que muito embora sem ilustrações, nomeadamente pautas, símbolos ou figuras musicais próprias para este maravilhoso instrumento, servem penso eu, de algum modo, para que os iniciados interiorizem o "bater" do coração, que é tocar bateria.
Este post será publicado em partes, devido ao seu tamanho, que à medida que o for aqui colocando, peço desde já aos Administradores, que os vão aglutinando num assunto só, à semelhança do que aconteceu ao que eu fiz relativamente ao NWOBHM. Gracias


Autor: Olaf Stein. Fonte:revista publicada pela Naumann & Gobel Verlagsgesellschaft mbH, pertencente à VEMAG Verlags- und Medien Aktiengesellschatft, Emir-Hoffmann-Str. 1, 50996 Colónia, Alemanha.

Bateria - Noções básicas

O baterista de uma banda produz o ritmo que é a base para todos os géneros musicais. O elemento mais importante na execução da bateria é a alternância entre o bombo grave e a tarola aguda em sequências de batidas múltiplas e diversificadas. Quase tão importante é também a execução de rufos e rudimentos nos toms. Para além disso, o baterista produz também diversos efeitos, que os especialistas costumam denominar de fills. Como conclusão, não podemos deixar de referir a importância da bateria para o ritmo e o groove.

Os instrumentos de percussão fazem parte dos instrumentos mais antigos da história da humanidade. Certamente os homens da pré-história já batiam em ossos, pedras ou troncos, ficando fascinados com o resultado sonoro obtido. Este impulso é inato e até uma criança pequena, quando encontra um pau, vai tentar produzir sons e, entusiasmada com o resultado, repeti-lo-á várias vezes. Mesmo sendo baterista iniciado, podes já executar muito rapidamente e com pouca preparação, ritmos simples e, dessa forma, acompanhar inúmeras músicas. Os povos da Antiguidade atribuíam poderes mágicos aos tambores ou utilizavam-nos para transmitir mensagens (“tambores falantes”). É por isso que alguns ritmos servem como substituição de determinadas palavras. Esta é a razão por que a execução da bateria exerce um fascínio e provoca a admiração em muitas pessoas.

COMPONENTES:
Bombo: O bombo ou o tambor maior, é o elemento central da bateria. Tem uma função tão importante como a tarola porque é o instrumento que, na maior parte das vezes, produz o beat. Com ele crias a cadência dos teus padrões rítmicos em combinação com os outros instrumentos. Na parte inferior encontram-se apoios reguláveis e em cima, suportes para os timbalões suspensos.

Do lado do público encontra-se a pele de ressonância, também denominada pele frontal. Na maior parte dos casos encontra-se aí o logótipo do fabricante. A pele de percussão não é visível para o público, encontrando-se na parte posterior do bombo. Na maior parte das vezes é colocado material de atenuação: esponja ou tiras em feltro.

O pedal é muito importante para o baterista. Desde pedais macios até muito rígidos, podes encontrar um pouco de tudo no mercado. Mesmo as macetas, ou batentes, podem ser revestidas com materiais duros ou macios. Também existem pedais duplos que pressupõem precisão e coordenação.

Hi-hat: o hi-hat ou prato de choque,também é accionado com os pés. Tem três variantes diferentes de percussão: o baterista pode accionar o hi-hat aberto com o pé durante a batida; pode também colocar o pé no pedal, pressionando o prato superior contra o inferior, e bater no hi-hat superior “fechado”; a terceira variante consiste em bater no prato superior fechado soltando-o de imediato, libertando o pedal.

Os dois pedais (o pedal para o hi-hat e o pedal do bombo), têm de estar ao mesmo nível formando um ângulo aproximado de 90º. As pernas devem chegar “confortavelmente” ao “seu” pedal. O banco também tem de estar à altura correcta. A regra fundamental é a seguinte: a coxa e a parte inferior da perna devem formar um ângulo de 90º; deves também estar sempre sentado com uma postura descontraída e estável.

Tarola: a tarola é posicionada (com a cinta, ou bordoeira – aquela rede que produz a vibração característica – para baixo!) ao centro com alguma distância em relação às tuas pernas. Deve ficar um pouco mais elevada do que as coxas. Quando a montares, não te esqueças de que o pedal do bombo tem de estar sempre ao alcança do pé direito, (isto para bateristas direitos. Para canhotos, o conjunto será logicamente montado ao inverso). É melhor deixar mais espaço do que menos!

Timbalões: Para ser correcto, os timbalões deveriam sempre ser chamados tom-toms. Estespodem estar suspensos lateralmente num suporte ou fixos na parte superior do bombo. Há ainda o timbalão de chão, que se coloca lateralmente atrás do bombo (tendo como referência, a perspectiva visual do baterista). Por vezes é necessário fazer aderir um pouco mais a pele de ressonância dos timbalões para os atenuar. Os timbalões devem estar ao mesmo nível. Também o timbalão de chão e a tarola têm de estar sensivelmente ao mesmo nível.

Pratos: os pratos ou címbalos, devem estar a um nível que permita a sua fácil percussão. O ride é posicionado do lado direito do timbalão de chão, sendo os crashes posicionados entre o timbalão e a tarola por detrás do hi-hat. De novo e logicamente a perspectiva a considerar é a da visão do baterista e caso seja direito ou canhoto, dependendo do caso.

Os pratos têm várias categorias:
Crash ou prato livre;
Hi-hat ou prato de choque;
Ride ou prato de andamento;
China ou prato chinês, (costuma ser invertido);
Bell e outros pratos de efeitos diversos.

Baquetas (drumsticks): as baquetas são as ferramentas mais importantes para a tua existência como baterista. A sua oferta é quase ilimitada. Há inúmeros modelos em madeiras e materiais diversificadas. Cada baqueta tem as suas vantagens e desvantagens, adaptando-se de forma diferente à mão e indo reagir de maneira diversa na bateria. Relativamente a este assunto, o principal é que a prática suplante a teoria. Por isso, vai experimentando. Cada um tem as suas preferências. Contudo, para que não acabes por adquirir demasiadas baquetas inadequadas, chamamos a tua atenção para as seguintes considerações:

Materiais: o material mais utilizado é a madeira e desta o hickory ou nogueira. As baquetas fabricadas com este tipo de madeira são resistentes sem deixarem contudo de ser leves.

As baquetas em bordo ou maple são ainda mais leves e permitem executar rebounds mais rápidos. Contudo, estas não são tão resistentes.

As baquetas em carvalho, oak, são bastante pesadas, sendo por isso muito resistentes e especialmente adequadas para o hard-rock. O mesmo se aplica às baquetas em palissandro ou rosewood.

Há ainda baquetas em carbono, plástico ou em alumínio. As mais utilizadas são no entanto, as baquetas em hickory ou maple.
Formas especiais das baquetas: as vassouras de jazz são maioritariamente fabricadas em metal. As “cerdas” encontram-se dentro de um tubo, podendo ser extraídas do mesmo. Quando deslizam sobre os pratos, produzem o whischsound típico do jazz.

As varas ou rods são compostas por varetas muito finas de madeira unidas. As varas tentam conjugar as vantagens das vassouras de jazz com as baquetas convencionais. Elas dão contenção e suavidade à tua execução (tal como as vassouras), mas também uma sensação de execução das baquetas de tambor. São especialmente utilizadas na salsa e na música latina.

Pontas das baquetas: Também a selecção da forma da extremidade da baqueta é um critério importante para quem está a iniciar a sua carreira como baterista.

Algumas baquetas possuem uma extremidade ou cabeça, ou ponta, em forma esférica ou de bola, que se adequa especialmente bem no início, dado que o ângulo da batida não tem importância para a execução e permitem a obtenção de um som correcto e uniforme.

As baquetas com ponta em forma de barril, destinam-se a uma execução sonora e poderosa.

Também as baquetas com ponta em forma de bolota são indicadas para a execução de música sonora e pesada; contudo, a tonalidade obtida com a utilização desta forma nos pratos é no entanto um pouco mais límpida.

As baquetas com ponta em forma de azeitona ou lágrima, requerem um bom domínio de execução, dado que o ângulo de batida pode influenciar o som obtido. Um agudo produz uma tonalidade suave, mas límpida. Um ângulo obtuso produz um som alto.

Modelos e designações: O n.º da baqueta indica o respectivo perímetro. Quanto maior for o seu n.º, menor será o perímetro. A inicial indica a sua finalidade de utilização:


S – Street applications

Estas baquetas são robustas, resistentes e de grande volume. Inicialmente eram utilizadas em exibições de rua e ao ar livre, para bateristas em marching bands.


B – Band applications

Concebidas para a utilização em bandas, estas baquetas têm um diâmetro menor. Contudo, dado que as baquetas possuem a necessária capacidade de imposição dentro de uma banda, são as mais recomendadas para os iniciados.


A – Acoustic applications

Estas baquetas possuem um diâmetro reduzido e são concebidas para a execução suave e colorida nas orquestras sinfónicas.


Acessórios diversos: No início é importante praticar todas as técnicas na tarola ou num pad de treino. O pad é uma placa de borracha que pode ser independente por si só, ou ser colocada na pele do tambor, provocando uma forte redução da pressão de percussão e que te permite praticar por mais tempo. Mas acima de tudo, possibilita-te escutar e controlar melhor se as batidas da tua mão esquerda e direita são uniformes e sincronizadas (in time). Tocar bateria tem muito a ver com autocontrolo. Mas tem paciência contigo próprio!!

Recomenda-se a utilização de uma bolsa para as baquetas. Convém teres também várias chaves para os parafusos dos tambores e peles de substituição.

O metrónomo é também muito importante. O controlo permanente da tua execução através de um metrónomo (apesar de às vezes se tornar enervante) é a única maneira que te permite estabilizar o teu andamento. Assegurar um andamento regular é crucial para um baterista.

Notação: Antes das notas de percussão encontra-se habitualmente uma drum key. É um símbolo que te indica qual é o instrumento que deves tocar. Em vez da clave musical tradicional é utilizada uma clave neutra. Cada instrumento da bateria tem um símbolo próprio e com uma posição definida no sistema de notação musical. Os pratos e o hi-hat são representados com cabeças de nota em forma de x e os tambores com cabeças de notas redondas. Os componentes da bateria que devem ser executados com os pés possuem a haste da nota virada para baixo, enquanto os componentes que devem ser tocados com as baquetas possuem a haste da nota virada para cima. O hi-hat é a excepção, dado poder ser tocado com os pés e com as mãos.

Compasso: O compasso engloba um número e tipo determinado e sempre novo de batidas. Qualquer composição de ritmo é realizada com um compasso.

O tipo de compasso, com o qual se designa o número e tipo de batidas, é indicado no início de uma composição imediatamente após a clave. O fim de um compasso é assinalado com uma suspensão de compasso. Os grupos maiores de compasso são separados por uma barra dupla (segmentos de canção ou trecho). Quando um trecho tem de ser executado mais que uma vez, é assinalado por um sinal de repetição. Quando o trecho deve ser tocado de forma diferente no fim, utilizam-se as chaves. De início é tocado o conteúdo da chave 1; da segunda vez, o conteúdo da chave 2. No final encontra-se a barra dupla, também designada por barra final, cuja segunda barra é um pouco mais grossa.

Compasso 4/4: Qualquer composição musical é regida por um compasso. Quatro quartos são universalmente considerados uma unidade natural. Esta noção tem origem no andamento, mais precisamente na marcha. Quatro quartos são uma unidade, já o aprendeste na matemática. O mesmo se passa na música. Quatro quartos compõem o compasso total e quatro compassos compõem um trecho musical.

No início da composição encontram-se dois números. O número superior indica o número de batidas uniformes em que se divide o compasso; o número inferior indica o valor da nota de cada batida. Por conseguinte, se houver 4/4 após a clave, isso significa que é necessário contar quatro batidas por compasso, cujo valor corresponde a uma semínima. 90% de todas as músicas populares possuem este tipo de compasso.

Estrutura do compasso: cada compasso possui uma atribuição de acentuação, formado ao longo dos séculos e que é percepcionada como natural e correcta por qualquer pessoa. Este facto também se reflecte na música pop através das partes de compasso acentuadas (fortes) e das partes de compasso não acentuadas (fracas). As partes fortes do compasso e acentuações são, basicamente, palavras diferentes que têm o mesmo significado.

Uma acentuação é, por exemplo: forte – fraca – forte – fraca

Vê uma emissão televisiva de música popular apenas por alguns minutos. É provável que não vás gostar da música, mas isso não está em causa. Aguarda uma composição que o público acompanhe com palmas. Irás reparar que o público bata palmas nos tempos 1 e 3, ou seja nos tempos fortes (acentuados). Isto deve-se ao facto deste género de composições populares ter na sua origem as músicas de marcha, (isto é, a música militar). Este género de música era executado por grandes bandas de música em marcha, (isto é, em andamento ordenado). Aí um tambor enorme, ou bombo, marcava o 1 e 2 do marchar a cada compasso. O público bate palmas orientado pelo bombo.

Vê agora um concerto gospel ou semelhante. Irás reparar: o público bate palmas em 2 e 4. O público bate palmas de acordo com a execução do tambor pequeno, ou tarola. Ele já ouviu tanta música pop que percepciona o “contratempo” como normal.
A conjugação “forte – fraco” ou “acentuado – não acentuado” é essencial para a execução da bateria. Isto deve-se ao facto de, juntamente com o baixista da banda, o bombo marcar sempre os tempos fortes, ou seja o 1 e o 3, no compasso 4/4. A tarola, o hi-hat, etc, marcam, conjuntamente com os guitarristas, os tempos fracos, 2 e 4. Dado que é muito mais fácil percepcionar o tons claros e penetrantes da tarola (assim como os acordes da guitarra), do que os tons do bombo (e os tons dos baixistas), no público cria-se a impressão que o baterista e, com ele, toda a banda acentuam fortemente os tempos de contagem 2 e 4, (isto é, os tempos não acentuados). A esta percepção chama-se “contra-tempo ou backbeat”. Esta aparente “acentuação errada” é o que distingue a música pop da música clássica e é o elemento que atrai o público.

Até à próxima lição
__________________
"...água fura em dura mole, tanto dá até que pedra..."

Última edição de Jorge Cardoso : Qui, 24 de Dezembro de 2009 às 19:46.
Jorge Cardoso não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Sex, 4 de Dezembro de 2009   #2
David Teixeira
 
Membro desde: 25-Mai-2009
Local: Lamego
Mensagens: 685
David Teixeira é uma jóia em brutoDavid Teixeira é uma jóia em brutoDavid Teixeira é uma jóia em brutoDavid Teixeira é uma jóia em bruto
Re: Bateria - Noções básicas

muito bem mesmo!!...
eu comprei um livro num supermercado aquele o LIDEL* ou la como se diz!!!
que era algo tipo isto, ou isto mesmo...
para quem esta a iniciar é mesmo muito bom...eu mesmo aprendi alguma coisa disto!...

abraço,
David
David Teixeira não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Sex, 4 de Dezembro de 2009   #3
Bernardo
 
Membro desde: 29-Out-2009
Local: Porto
Mensagens: 2.459
Bernardo tem uma aura espectacular à voltaBernardo tem uma aura espectacular à voltaBernardo tem uma aura espectacular à volta
Re: Bateria - Noções básicas

Citação:
Mensagem Original de david10paiste Ver Mensagem
muito bem mesmo!!...
eu comprei um livro num supermercado aquele o LIDEL* ou la como se diz!!!
que era algo tipo isto, ou isto mesmo...
para quem esta a iniciar é mesmo muito bom...eu mesmo aprendi alguma coisa disto!...

abraço,
David
No LIDL ahahah livros sobre teoria basica da bateria ?
Bernardo não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Sex, 4 de Dezembro de 2009   #4
David Teixeira
 
Membro desde: 25-Mai-2009
Local: Lamego
Mensagens: 685
David Teixeira é uma jóia em brutoDavid Teixeira é uma jóia em brutoDavid Teixeira é uma jóia em brutoDavid Teixeira é uma jóia em bruto
Re: Bateria - Noções básicas

Citação:
Mensagem Original de Punksongsdrummer Ver Mensagem
No LIDL ahahah livros sobre teoria basica da bateria ?

tipo, la eles têm dia da musica...dia das bicicletas...etc...e ha umas semanas atras eles tinham la..estantes para partiruras, tripes de guitarra, sistema de Mini PA...livros noçoes basicas bateria e guitarra...e com o livro vem um CD....muito bom o livro e so custou 3,99€...lo0l
David Teixeira não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Sáb, 5 de Dezembro de 2009   #5
Bernardo
 
Membro desde: 29-Out-2009
Local: Porto
Mensagens: 2.459
Bernardo tem uma aura espectacular à voltaBernardo tem uma aura espectacular à voltaBernardo tem uma aura espectacular à volta
Re: Bateria - Noções básicas

Citação:
Mensagem Original de david10paiste Ver Mensagem
tipo, la eles têm dia da musica...dia das bicicletas...etc...e ha umas semanas atras eles tinham la..estantes para partiruras, tripes de guitarra, sistema de Mini PA...livros noçoes basicas bateria e guitarra...e com o livro vem um CD....muito bom o livro e so custou 3,99€...lo0l
Bem fixe olha que nao sabia .. Isso mais ao menos de quanto a quanto tempo que sai?
Eu comprei um livro bastante porreiro de bateria, com compassos dos mais basicos a compassos mais complexos de jazz até metal .. Do Eurico Augusto Cebolo, aquele professor de musica conceituado .. Custou.me 12 euros na Fnac
Bernardo não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Sáb, 5 de Dezembro de 2009   #6
David Teixeira
 
Membro desde: 25-Mai-2009
Local: Lamego
Mensagens: 685
David Teixeira é uma jóia em brutoDavid Teixeira é uma jóia em brutoDavid Teixeira é uma jóia em brutoDavid Teixeira é uma jóia em bruto
Re: Bateria - Noções básicas

Citação:
Mensagem Original de Punksongsdrummer Ver Mensagem
Bem fixe olha que nao sabia .. Isso mais ao menos de quanto a quanto tempo que sai?
Eu comprei um livro bastante porreiro de bateria, com compassos dos mais basicos a compassos mais complexos de jazz até metal .. Do Eurico Augusto Cebolo, aquele professor de musica conceituado .. Custou.me 12 euros na Fnac
opah, de quando a quando nao sei...mas deve ser umas 2 ou 3 vezes por ano!!
penso eu!!...

abraço,
David
David Teixeira não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Sáb, 5 de Dezembro de 2009   #7
paul luis
 
Membro desde: 5-Mar-2007
Local: gaia
Mensagens: 700
paul luis é uma jóia em brutopaul luis é uma jóia em brutopaul luis é uma jóia em bruto
Re: Bateria - Noções básicas

ya eles deves em quando tem la dia da musica. o livro esta bacanito tambem comprei um. Bom topico. abraço
paul luis não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Sáb, 5 de Dezembro de 2009   #8
serrinha
 
Membro desde: 28-Out-2007
Local: Valença
Mensagens: 1.841
serrinha é uma jóia em brutoserrinha é uma jóia em brutoserrinha é uma jóia em bruto
Re: Bateria - Noções básicas

Boas,

Eu também comprei esse livro do LIDL, e ele é muito porreirinho.

Já aprendi bastante com esse livro, conceitos, tecnicas, etc.

Podem-se rir por ser do LIDL, mas é um livro muito completo, tem os nomes dos componentes da bateria, para que servem, conceitos, técnicas, exercícios, e ainda traz um cd para ouvir os exercícios e com músicas para acompanharmos, de vários estilos, Jazz, Rock, Pop etc.


Mas o teu tópico ficou bastante com!!


Abraços



________________________________________
Que a música vos acompanhe!
serrinha não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Sáb, 5 de Dezembro de 2009   #9
herba
 
Membro desde: 7-Abr-2006
Local: Tavira
Mensagens: 45
herba será famoso em breve
Re: Bateria - Noções básicas

Citação:
Mensagem Original de serrinha Ver Mensagem
Boas,

Eu também comprei esse livro do LIDL, e ele é muito porreirinho.

Já aprendi bastante com esse livro, conceitos, tecnicas, etc.

Podem-se rir por ser do LIDL, mas é um livro muito completo, tem os nomes dos componentes da bateria, para que servem, conceitos, técnicas, exercícios, e ainda traz um cd para ouvir os exercícios e com músicas para acompanharmos, de vários estilos, Jazz, Rock, Pop etc.


Mas o teu tópico ficou bastante com!!


Abraços



________________________________________
Que a música vos acompanhe!

Boas,

faz um scan do livrinho e partilha aqui com a gente

ou mete em PDF

isso é k era giro, porque arranjar esse livro agora esquece!! lol
__________________
ENJOY LIFE
herba não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Sáb, 5 de Dezembro de 2009   #10
Thierry
 
Membro desde: 22-Mai-2009
Local: Bragança/ Mafra
Mensagens: 253
Thierry está no bom caminho
Re: Bateria - Noções básicas

Olá, Bom post, boa partilha, não sabia que também se podia encontrar no lidl também se podia comprar material para musica...
Cuidado com as partilhas de livros com direitos de autor aqui no fórum, é considerado pirataria e corremos o risco de fecharem o fórum... Digo isto porque uma vez também disponibilizei para quem quisesse alguns livros e não se pode...
Abraço
__________________
[SIGPIC][/SIGPIC]A vida são dois dias e um já passou
Thierry não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Sáb, 5 de Dezembro de 2009   #11
Bernardo
 
Membro desde: 29-Out-2009
Local: Porto
Mensagens: 2.459
Bernardo tem uma aura espectacular à voltaBernardo tem uma aura espectacular à voltaBernardo tem uma aura espectacular à volta
Re: Bateria - Noções básicas

Citação:
Mensagem Original de herba Ver Mensagem
Boas,

faz um scan do livrinho e partilha aqui com a gente

ou mete em PDF

isso é k era giro, porque arranjar esse livro agora esquece!! lol
ya apoiado ! eu por acaso tambem ia falar nisso LOOL .. Porque tambem fiquei interessado em te-lo , e isso agora actualmente esquece mesmo

Partilha ai ..
Bernardo não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Sáb, 5 de Dezembro de 2009   #12
JoaoF10
 
Membro desde: 24-Jun-2009
Local: Vila Viçosa
Mensagens: 57
JoaoF10 está no bom caminho
Re: Bateria - Noções básicas

Citação:
Mensagem Original de david10paiste Ver Mensagem
tipo, la eles têm dia da musica...dia das bicicletas...etc...e ha umas semanas atras eles tinham la..estantes para partiruras, tripes de guitarra, sistema de Mini PA...livros noçoes basicas bateria e guitarra...e com o livro vem um CD....muito bom o livro e so custou 3,99€...lo0l

Eu também comprei esse livro... hahaha
e tem me ajudado bastante
__________________
John Slither !!
http://www.facebook.com/album.php?pr...33&ref=profile
JoaoF10 não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Dom, 6 de Dezembro de 2009   #13
Tom Sawyer

 
Membro desde: 25-Fev-2008
Local: Lisboa (Alentejano exilado)
Mensagens: 1.402
Tom Sawyer é um glorioso foco de luzTom Sawyer é um glorioso foco de luzTom Sawyer é um glorioso foco de luzTom Sawyer é um glorioso foco de luzTom Sawyer é um glorioso foco de luzTom Sawyer é um glorioso foco de luzTom Sawyer é um glorioso foco de luzTom Sawyer é um glorioso foco de luzTom Sawyer é um glorioso foco de luzTom Sawyer é um glorioso foco de luz
Re: Bateria - Noções básicas

Citação:
Mensagem Original de herba Ver Mensagem
Boas,

faz um scan do livrinho e partilha aqui com a gente

ou mete em PDF

isso é k era giro, porque arranjar esse livro agora esquece!! lol
Não, ele que não faça de todo isso, uma vez que é ilegal. Por favor, nada de conversas sobre duplicação de material protegido por direitos de autor. Livros, tal como por exemplo música e filmes, caiem nessa categoria. Agradeço.

De resto, muito bom tópico, mérito para o Jorge Cardoso. Finalmente se fala novamente de bateria neste espaço.
__________________
begin the day with a friendly voice
a companion unobtrusive

Tom Sawyer não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Seg, 7 de Dezembro de 2009   #14
Jorge Cardoso
 
Membro desde: 16-Jan-2007
Local: Leiria
Mensagens: 1.054
Jorge Cardoso é mesmo fixeJorge Cardoso é mesmo fixeJorge Cardoso é mesmo fixeJorge Cardoso é mesmo fixeJorge Cardoso é mesmo fixeJorge Cardoso é mesmo fixe
Re: Bateria - Noções básicas

Boas malta! Acerca dos direitos de autor, apesar de estar a copiar o conteúdo do referido livro, tive o cuidado de, no início, mencionar o autor e a respectiva companhia, firma, ou editora, o que lhe queiram chamar, no início do texto. Obrigado malta!
__________________
"...água fura em dura mole, tanto dá até que pedra..."
Jorge Cardoso não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Resposta



Opções

Regras
Aqui não podes criar novos assuntos
Aqui não podes responder a mensagens
Aqui não podes colocar anexos
Aqui não podes editar as tuas mensagens

Código vB está Ligado
Smilies estão Ligados
Código [IMG] está Ligado
Código HTML está Desligado
Escolher Fórum

Assuntos Semelhantes
Assunto Autor do Assunto Fórum Respostas Última Mensagem
Como escolher uma bateria - Passo a passo Superdgs Aconselhamento para a compra de material 24 Sáb, 27 de Agosto de 2011 16:57
Bateria - Noções básicas IV e última parte Jorge Cardoso Debates técnicos (Workshop, Clínica e Masterclasse "virtual") 0 Ter, 16 de Fevereiro de 2010 04:24
Bateria - Noções básicas parte III Jorge Cardoso Debates técnicos (Workshop, Clínica e Masterclasse "virtual") 0 Ter, 2 de Fevereiro de 2010 06:44
TESE: Contribuiçao do estudo de bateria para o desenvolvimento de habilidades psicomotoras andre_vg Debates técnicos (Workshop, Clínica e Masterclasse "virtual") 7 Dom, 12 de Julho de 2009 03:46



São agora 06:13. (horário GMT +1)


Design by: vithorius
Copyright ©2001 - 2019, Fórum BateristasPT.com
Powered by vBulletin®
Copyright ©2000 - 2019, Jelsoft Enterprises Ltd.
Gravatar as Default Avatar by 1e2.it