Voltar   BateristasPT.com > MATERIAL E EQUIPAMENTOS > Aconselhamento para a compra de material
Página Principal Registar FAQ Membros Calendário Pesquisar Mensagens de Hoje Marcar Fóruns como Lidos

Aconselhamento para a compra de material Peçam ajuda aqui para decidirem sobre o material que querem comprar


Resposta
Opções
Não lido Dom, 28 de Setembro de 2014   #1
Pedro Aronoff
 
Membro desde: 25-Jul-2010
Local: Guimarães
Mensagens: 188
Pedro Aronoff será famoso em breve
Equipamento de gravação ou bateria eletrónica/ Aconselhamento pessoal

Boas pessoal,
Desde à uns anos para cá que toco bateria. Apanhei bandas "de garagem" diferentes estilos e pela primeira vez no verão deste ano consegui o contacto de uma produtora de eventos e acompanhei uma banda de festas tradicionais, em mais de 20 concertos, onde me cruzei com pessoas que fazem da música a sua vida e é óbvio que o final desta aventura levo-me a pensar que, se tocar bateria é algo com que me divirto e identifico porque não tentar algo mais a serio ?
O que é certo é que ainda agora acabou e já sinto aquele vazio na minha agenda, atualmente sem banda e vontade de fazer alguma coisa.

Então a minha ideia é começar em gravar covers para o youtube (na esperança que alguém me contacte :D) e também já vi há uns tempos algo sobre o indaba, nem sei se ainda está no ativo e provavelmente existe mais do género, já agora se souberem de mais oportunidades avisem =)

Mas para isso irei precisar de equipamento de gravação, e é aqui que mais preciso da vossa ajuda. Não sei se a melhor opção será optar por adquirir microfones e gravar com a minha bateria acústica ou então comprar uma bateria eletrónica.

Já tive a ver alguns preços e a situação é esta:
Orçamento: 1000€

Gravar com a bateria acústica:
Conjunto de microfones- 250€
Mesa de mistura- 300€
(depois entram os cabos, supportes, e penso que nada mais)- 100€

Comprar uma bateria eletrónica:
Tive a ver as Alesis e com este orçamento já compro o modelo dm10 já com dimensões consideráveis ou então o dm7.

Isto foram os preços que eu vi 10 minutos antes de criar este tópico por isso ainda não explorei muito bem o assunto. E com isto ainda tenho que aprender a trabalhar com programas de edição, etc..

Isto não se trata apenas de aconselhamento de material a minha inteção é ouvir a vossa opinião à cerca do que tenho vindo a pensar !
Pedro Aronoff não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Sex, 3 de Outubro de 2014   #2
Pedro Aronoff
 
Membro desde: 25-Jul-2010
Local: Guimarães
Mensagens: 188
Pedro Aronoff será famoso em breve
Re: Equipamento de gravação ou bateria eletrónica/ Aconselhamento pessoal

Up !!
Pedro Aronoff não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Sex, 3 de Outubro de 2014   #3
DumDumDa!
 
Membro desde: 30-Out-2008
Local: Vila Nova de Gaia
Mensagens: 327
DumDumDa! será famoso em breve
Re: Equipamento de gravação ou bateria eletrónica/ Aconselhamento pessoal

Olá Pedro.
Se tens oportunidade (espaço, e qualidade de material para gravação) o que te aconselho é sempre tentares captar a bateria acústica e gravares. Não sou a melhor pessoa para te aconselhar com material de gravação. Posso-te adiantar que a maior parte das pessoas acha indispensável uma mesa com pelo menos 4 entradas (se bem que já vi boas captações só com 3 micros), e convém que depois permita as entradas separadas para pc com algum tipo de interface.

Agora o que eu te posso dizer é que toco maioritariamente em bateria aletrónica, mas também toco em bateria acústica. O que gravo, gravo na eletrónica porque não tenho outra opção. E a bateria nem é má, é uma Roland, permite fazer a maior parte das coisas, mas ainda assim é bastante limitativo.

Gravar a acústica pode ser mais difícil, mas os resultados, com algum trabalho vão ser melhores.
DumDumDa! não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Sáb, 4 de Outubro de 2014   #4
enes

 
Membro desde: 8-Fev-2008
Local: esposende/ caracas VEN
Mensagens: 3.911
enes é um glorioso foco de luzenes é um glorioso foco de luzenes é um glorioso foco de luzenes é um glorioso foco de luzenes é um glorioso foco de luzenes é um glorioso foco de luzenes é um glorioso foco de luzenes é um glorioso foco de luzenes é um glorioso foco de luzenes é um glorioso foco de luzenes é um glorioso foco de luz
Re: Equipamento de gravação ou bateria eletrónica/ Aconselhamento pessoal

boas !!!

deverias de pesquisar um pouco mais outros tópicos que falam do mesmo...

tens o meu exemplo....

comprei na thomann uma mesa de mistura 6 canais p/ micros+ outros 6 para quanta porra queiras ligar.. essa mesa com saída USB , um set de micros para bateria ( 4 toms, 1 snare, 2 overheads e bombo ) + cabos p/ micros .... os tripes p/ overheads e bombo já tinha..

tudo..--..--..--..--..--.. 380 euros !!!!

encomenda entregue en tua casa a cobrança.

depois editas o filme em qualquer moviemaker num computador perto de ti...
__________________
nop... nada... rien... niente... napa de assinatura.
enes não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Ter, 7 de Outubro de 2014   #5
knk
 
Membro desde: 30-Mai-2006
Local: Santarém
Mensagens: 176
knk será famoso em breveknk será famoso em breve
Re: Equipamento de gravação ou bateria eletrónica/ Aconselhamento pessoal

Gosto destes posts

Ora bem Pedro, o que recomendo é um sistema que te permita ficares com o melhor dos dois mundos: ao vivo e em estúdio. Poupas no investimento futuro e se tens 1000 euros para gastar, gasta-os bem e num set que não te limite de imediato.
Dito isto, faço a seguinte recomendação com exemplos:

1.
- Mesa Behringer UFX1604 com interface usb, firewire e MIDI control. Esta mesa permite gravares todas as pistas de audio directamente (e separadas) numa pen USB sem recorreres a um computador. Poupa na logistica. Depois podes importar a sequência de ficheiros para o PC, num Cubase por ex., com o video da tua performance e fazes todos os ajustes de audio que pretenderes pista a pista.
Além disto esta mesa ainda te dá controle MIDI sobre os DAWs (como o Cubase) e de futuro quando tiveres uma banda e quiseres gravar um concerto ou fazer uma demo, basta ligar tudo aos 16 canais, fazer uma pré-mistura usando compressores e o processador duplo de efeitos, meter uma pen USB e levar a pen a um PC para pós-produção e mistura! [[599€]]

- Kit de microfones aceitável. Atenção ao micro do bombo! É o mais importante. De resto os dos toms e tarola, entre 25 e 80 euros por peça não há diferença que não possa ser anulada em pós-produção. Não esquecer um micro extra para os pratos de choque. Aconselho o AKG Groovepack que inclui kick+snare+3toms+2OH e somar um básico da Behringer num kit C4 (são 2), um para pratos de choque e outro para colocares mais longe da bateria para fazeres o truque do Room Compression - dá «dimensão» e realismo ao som da bateria. [[279€+41€]]

- para meteres tudo bonitinho nas filmagens, além dos XLRs para os micros, conselho uma stagebox de 8 canais que ainda servirá para quando tocares ao vivo poderes ligar os teus micros e levares o multicore à mesa principal sem te chateares com dimensões extra, e assim escusas de ter de fazer contas de cabeça como "que cabo XLR ligo neste OH? o de 8 metros ou o de 12?" Arranjas um por 59€ na Thomann, o sssnake MCT 8. (realmente eles tinham uns modelos mais pequenos e bonitinhos... esse nem será o melhor exemplo).

Tudo aqui disposto, bem negociado em PT arranjas por 1000 euros. Usei como referência os preços da Thomann mas em PT há sitios a vender ainda mais barato.
Podes baixar substancialmente - na ordem dos 200 euros) o preço se quiseres um kit de micros dos bartuchos e esqueceres o multicore, mas não recomendo.


2.
Em termos digitais podes sempre tomar um de dois caminhos. Ou compras a bateria toda (a DM10 por exemplo, como falaste, e se optares por essa marca e modelo aconselho vivamente a versão «studio» com pratos de borracha e não aquela treta barulhenta e desconfortável da imitação de pratos reais) e assunto resolvido, ou então:
- Compras só o módulo de uma DM10, são 500 euros (tens em 2a mão a 300)
- um kit de triggers (redshot, p ex) para bombo, tarola e toms, normalmente fica nos 120/130 euros tudo
- um kit de overheads, por exemplo os Behringer C4, que são 41€
- uma mesa Behringer pequena, na ordem dos 80 euros, com 2 ins XLR

Desta forma consegues fazer aquilo que se chama "triggar" a bateria, mas utilizando pratos acústicos - para isso é que ficas com os overheads e com a mesa.
O módulo DM10 é bom no sentido em que tem saidas independentes, logo podes levar o sinal digital à mesa como se de micros se tratasse mas sem feedbacks, desafinações, micros pelo caminho e com uma fidelidade que normalmente só consegues em estúdio.
Esta aposta é boa tanto em estúdio como ao vivo.
Em estúdio podes usar o melhor de dois mundos: Audio Digital ou MIDI.
Gravando os pratos acústicos mas a bateria em MIDI (via DM10) permitirá mais tarde escolheres o som de cada Tom, tarola, bombo, mas não poderás fugir muito à tonalidade acústica captada pelos overheads dos pratos. Ah e é bom que toques bem porque apesar de estares em MIDI e poderes editar depois, os pratos são linha de audio e isso não é fácil editar.


Fora isto tudo (e se tiveste a paciência de ler tudo até aqui lol) tens as outras duas opções:
- bateria electrónica e tá feito (mas se tens o privilégio de poder gravar numa acústica... quem me dera!)
ou
- fazes como o enes sugeriu: mesa (com o número de ins XLR = ao número de micros que vais ligar), kit de micros (sem esquecer um extra para os choques) e um interface USB (caso a mesa não traga já) e gravas no computador por menos de 400 euros!

Só escrevi este testamento porque tens um orçamento que possibilita abrir horizontes. Não deves gastar 500 e ficar "limitado" quando tens possibilidades de ir mais além ao nível qualitativo e por sua vez criativo.

Grande abraço! (peço desculpa algum erro mas nem vou ler isto que escrevi )
__________________
Dinâmicas pessoal... dinâmicas!

Última edição de knk : Ter, 7 de Outubro de 2014 às 15:32.
knk não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Dom, 19 de Outubro de 2014   #6
Pedro Aronoff
 
Membro desde: 25-Jul-2010
Local: Guimarães
Mensagens: 188
Pedro Aronoff será famoso em breve
Re: Equipamento de gravação ou bateria eletrónica/ Aconselhamento pessoal

Obrigado pelos comentários, mas ainda não decidi..

Sei que se comprar a eletrónica já não tenho mais dores de cabeça, é só chegar, montar e começar a gravar.

Mas se comprar a acústica já dá mais "cenário" aos vídeos e talvez vá influenciar no feeling.

E o sitio onde eu tenho a bateria aqui em casa está numa divisão onde só tem as quatro paredes por isso também irei ter de comprar aquelas placas de esponja irregulares para não haver aquele eco de pedra na gravação, o que é que acham ?

Será que consigo controlar isso na equalização ?
Pedro Aronoff não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Seg, 20 de Outubro de 2014   #7
knk
 
Membro desde: 30-Mai-2006
Local: Santarém
Mensagens: 176
knk será famoso em breveknk será famoso em breve
Re: Equipamento de gravação ou bateria eletrónica/ Aconselhamento pessoal

Citação:
Mensagem Original de Pedro Aronoff Ver Mensagem

Será que consigo controlar isso na equalização ?
Não diria apenas na EQ, primeiro nos micros.
Se comprares micros dinâmicos com um range "multitarefas" como são os genéricos da musicstore, thomann, behringer, etc, que são micros não-específicos e tanto dão para captar um timbalão como dão para captar uma guitarra/voz/etc, não terás nunca bom resultado mesmo que forres a parede a ouro.
Agora, se comprares micros "bonzinhos" para bateria tipo uns AKG mesmo de entrada de gama, como os que te sugeri no post acima, uns Shure mesmo que sejam da série PG, and so on... terás um range mais "afinado" para bateria e os micros não vão captar um exagero de som e reflexos para além da peça de bateria em si.
Logo na escolha dos micros eliminas o primeiro problema.

Depois, é saberes colocar os micros (imagem em anexo):

A primeira coisa que deves saber é como colocar os micros em ambiente de estúdio.
Muitos bateristas adoram - como meti na imagem errada - colocar os overheads 2 metros acima da bateria. Isto é um erro enorme nos dias que correm. As empresas de som normalmente trabalham com kits limitados e desde 1980 que dois overheads chegam para captar a loiça toda (até porque os bateristas começaram a tocar com 15 pratos e é chato ter pelo menos 7/8 overheads a micar tudo por zonas...).
Os overheads querem-se próximos dos pratos e virados na direcção oposta à bateria para evitar apanhar muita tarola e toms, principalmente em captação de sala.
O exemplo que coloquei como "certo" mostra um bom exemplo de um kit simples, bem micado para uma sala que pode ter reflexos à vontade. Até porque a reverbação de uma sala pode trazer corpo e personalidade à bateria. O único problema é que já precisas de 3/4 overheads conforme a quantidade de pratos que tens.

A segunda coisa é saber colocar os micros nos toms. Apontando o máximo para a zona de ataque (e não para o aro), e não caindo em erros como ter o micro do timbalão 1 que normalmente está acima da tarola, apontado para o tom e em linha com a tarola. Logicamente que vais ter tanta tarola como tom a entrar nessa linha. Evitar esse erro.

A terceira coisa é micar a tarola. Há quem use um micro em cima e outro em baixo com inversão de fase. Aqui já tenho o meu gosto pessoal. Gosto de captar a tarola com um micro bem brilhante (tipo um beta-58), ou mesmo um overhead, só por baixo, a começar junto a um aro, para não ficar debaixo dos registos, e apontado para a zona de ataque de cima. Bem junto à pele, cerca de 2 cm.

A quarta coisa é micar o bombo. Aqui será mesmo o gosto pessoal a mandar. Depende do bombo, da afinação, do batente, da pele de ressonância. O melhor é experimentar. Aconselho a teres a mesa ao pé de ti e fazeres uma gravação continua enquanto bates o bombo. Experimentas várias equalizações, tomas nota e vais por aproximação ao teu gosto e ao teu bombo.

A quinta coisa é pensar em ter um micro de condensador ao fundo da sala (2-3 metros da bateria, se der) esse sim, com um filtro de espuma do lado da parede para dares compressão de sala na mistura final.

A partir daí já podes entrar na EQ para afinares tudo ao teu gosto e dares umas ligeiras panorâmicas para "abrires" a bateria.

Não esqueças que quando tiveres tudo gravado, se reduzires a captação a uma só pista (mesmo que stereo), ainda podes aplicar um pouco de pós processamento (sem exageros), uma compressão, equalização master, reverb ligeiro e limitador.

Voilá!
Imagem Anexada
File Type: jpg colocar_micros.jpg (65,9 KB, 14 leituras)
__________________
Dinâmicas pessoal... dinâmicas!
knk não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Sáb, 6 de Dezembro de 2014   #8
Pedro Aronoff
 
Membro desde: 25-Jul-2010
Local: Guimarães
Mensagens: 188
Pedro Aronoff será famoso em breve
Re: Equipamento de gravação ou bateria eletrónica/ Aconselhamento pessoal

Qual será o programa mais usado para este tipo de situação ? E de preferência que não dê muito trabalho

Logic pro, Fruity loops, reason ?
Pedro Aronoff não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Dom, 7 de Dezembro de 2014   #9
knk
 
Membro desde: 30-Mai-2006
Local: Santarém
Mensagens: 176
knk será famoso em breveknk será famoso em breve
Re: Equipamento de gravação ou bateria eletrónica/ Aconselhamento pessoal

Bem, Pedro, nem sei que te diga...
Se queres ligar um placa USB ao computador e gravar uma pista "mestra" da bateria (i.e. uma única pista stereo do geral que sai da mesa) até podes usar o Audacity que é freeware... Não precisas de um software todo XPTO só para te gravar uma pista stereo. Embora existam alguns como o Adobe Audition que têm umas coisitas que o Audacity não tem, mas nem vale o esforço porque vais acabar por usar ferramentas externas - como menciono mais abaixo - para dares uns retoques.
Depois de gravares a bateria tens opções de pós-processamento/pseudo-masterização daquelas que funcionam à velocidade dos tempos modernos, ou seja, a 200 à hora e sem esforço nem nessidade de conhecimento técnico, nomeadamente:
- IK Multimedia T-Racks
- Toontrack EZ-Mix
- Izotope Ozone
Estes são os mais conhecidos e user-friendly. Basta importares o audio da gravação e ir fazendo scroll pelos presets até encontrares um que te soe melhor (podes brincar com os parâmetros e ajustar alguns pormenores mais a gosto).

* Atenção que estou a presumir que não vais gravar em multipista. Nesse caso, sim, é melhor pensares num Cubase/Nuendo, Reaper, Pro Tools, Ableton Live, etc... nem entro nessa discussão porque são todos diferentes e bons à sua maneira.
__________________
Dinâmicas pessoal... dinâmicas!
knk não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Resposta



Opções

Regras
Aqui não podes criar novos assuntos
Aqui não podes responder a mensagens
Aqui não podes colocar anexos
Aqui não podes editar as tuas mensagens

Código vB está Ligado
Smilies estão Ligados
Código [IMG] está Ligado
Código HTML está Desligado
Escolher Fórum

Assuntos Semelhantes
Assunto Autor do Assunto Fórum Respostas Última Mensagem
PRATOS – Dicas para uma correcta Escolha e Teste João Timbalão Pratos (Cymbals) 43 Sex, 29 de Agosto de 2014 12:13
Pela segunda vez... Oi DavidMorais Apresentação de Novos Membros 24 Dom, 13 de Novembro de 2011 16:43
Se Isto Não é Gozar Com A Cara De Quem Trabalha O Que é Então? LEONEL RODRIGUES Esplanada dos Batucadores (Off Topic) 117 Sex, 16 de Julho de 2010 12:29
[Entrevista] Lars Ulrich - Baterista de Metallica (Set 1999) Leodreammer Bateristas e Percussionistas 32 Ter, 18 de Maio de 2010 00:32
[Entrevista] HUGO DANIN - Entrevista exclusiva de Julho 2007 Miguel Martinho Bateristas e Percussionistas 20 Sex, 10 de Agosto de 2007 11:40



São agora 02:13. (horário GMT +1)


Design by: vithorius
Copyright ©2001 - 2019, Fórum BateristasPT.com
Powered by vBulletin®
Copyright ©2000 - 2019, Jelsoft Enterprises Ltd.
Gravatar as Default Avatar by 1e2.it