Voltar   BateristasPT.com > MATERIAL E EQUIPAMENTOS > Pratos (Cymbals)
Página Principal Registar FAQ Membros Calendário Pesquisar Mensagens de Hoje Marcar Fóruns como Lidos

Pratos (Cymbals) Para discutir marcas, modelos, pormenores, etc de pratos (cymbals)


Resposta
Opções
Não lido Dom, 27 de Agosto de 2006   #1
Gibraltar
Fundador (actualmente sem funções)
 
Membro desde: 2-Abr-2006
Local: Amadora
Mensagens: 101
Gibraltar será famoso em breve
PRATOS - História, Ligas e Métodos de Produção

Uma pequena introdução histórica:
Metalúrgicos experimentam com materiais para obter ligas de alto grau há mais de 3500 anos. Há descobertas arqueológicas de pratos de Bronze originários da Grécia, já com sulcos circulares, datados de há 2500 anos! Os primórdios podem ser relacionados com uma idade tão impressionante como 5000 anos!

Tal como os tambores, eram usados em cerimónias religiosas e para provocar pavor no inimigo antes duma batalha, através duma imponente massa sonora.

Até meados do séc. 19 a companhia Zildjian produzia modestamente produtos para os militares e para a Igreja. Foi em 1815 que Avedis Zildjian II chegou à Europa para mostrar os seus produtos nas feiras de Marselha, Londres e Paris. É um primeiro passo decisivo para o início da história da bateria a qual começa realmente com a invenção do pedal de bombo, atribuído a William F, Ludwig, em 1894.

Assim apareceu o baterista que foi e é o principal responsável pelo desenvolvimento moderno em geral dos pratos através das suas experiências e exigências sonoras para definir e acompanhar a inovação e evolução da música durante todo o séc. 20.

Mas até 1980 havia uma relativamente curta possibilidade de escolha. A Paiste tinha as séries 2002, Formula 602 e Sound Creation, enquanto que a Zildjian estava limitada à série Avedis. Havia mais umas companhias Italianas, UFIP e Tosco, a contribuir modestamente para o mercado de pratos. Nos anos seguintes apareceram a Sabian, Istanbul e Spizz e a Meinl começou a entrar nas gamas profissionais. Em dez anos, estas oito companhias surgiram com mais de trinta novas séries profissionais.


Em relação às ligas (alloys em inglês), há a referir o seguinte:
Até finais dos anos 80 usavam-se essencialmente duas ligas de bronze para pratos de gamas média e alta: a B20, com 80% de cobre e 20% de estanho e a B8, com 92% de cobre e 8% de estanho. Pequenas quantidades de outros metais podiam ser adicionados a ambas as ligas, como a prata, servindo como catalizadores, como uma "cola" entre o cobre e o estanho.

A prata ou é adicionada ou o próprio cobre já contém traços desta. Uma terceira liga foi introduzida pela Paiste em 1988, a Paiste Sound Alloy cujos ingredientes e quantidades não foram revelados.
A B20 é usada em todas as séries profissionais da Zildjian, Sabian e Istanbul, nas Formula 602 e Sound Creation da Paiste e para a maioria das topo de gama italianas.

A B8 é usada nas 2002, 3000, 2000 e Alpha da Paiste, na maioria dos Meinl e em muitas mais séries de gama média e baixa.

Cada liga pode ser preparada de muitas maneiras diferentes. Um cozinheiro com os mesmos ingredientes e receita pode fazer uma refeição diferente e mais ou menos saborosa que um outro seu colega. Em poucas palavras, é precário suportarmo-nos simplesmente nas diferentes ligas para definir diferenças no som e na qualidade do produto. Os fabricantes evidenciam mais o processo de fabrico e as características finais do prato que a liga própriamente dita.

A descrição mais objectiva e consensual é que a B8 tem um conjunto de frequências e harmónicos mais focado ou menos rico que a B20 e a Sound Alloy da Paiste. Básicamente, os pratos de B8 são mais compactos que os outros, mais duros e de resposta mais rápida. Isto deve-se a um espectro de frequências mais restrito produzido pela B8, factor directamente ligado à estrutura da liga a qual é uniformemente direccionada. A B20 é prensada e esticada em várias direcções ou moldada em rotação, criando uma estrutura molecular mais entrelaçada.

Quanto à Sound Alloy da Paiste, o que se pode dizer baseado em som, aspecto e sensação, é que é mais parecida com a B20 que com a B8.

Outra diferença notável entre as duas ligas é que a diferença de som entre pratos da B8 é, na maioria das vezes, menor que entre pratos da B20, tendo em conta medidas, tipo e série.
Existem ainda gamas baixas de pratos feitas com ligas como o latão e o níquel-prata. Têm um potencial sonoro inferior ao das ligas de bronze, com som mais compacto e menos sustain e brilho.


Elaborando um pouco mais individualmente ainda em relação às ligas e entrando nos diferentes métodos de produção de pratos, há quatro estilos essenciais: o Turco, o Suíço-Germânico, o Italiano e o Chinês.

O estilo Turco moderno definido pela Zildjian, Sabian e Istanbul data do início do séc. 17 quando um alquimista de nome Avedis descobriu uma liga com propriedades musicais quando tentava sintetizar ouro (a Pedra Filosofal). Uma característica que se mantém é que o fabricante compõe e funde a sua própria liga.

O bronze é feito e deitado em pequenos moldes, um para cada prato. Estes moldes são depois prensados em rolos até se tornarem discos chatos. Depois a cúpula é prensada, são reaquecidos ao rubro e arrefecidos em água, martelados, escavados, recortados e transformados em pratos. A Istanbul tem um processo absolutamente artesanal, a Zildjian mistura este com alguma tecnologia moderna e a Sabian aplica os métodos e maquinaria mais recentes.

O facto dos ingredientes serem conhecidos não altera o secretismo da fórmula, o qual não é sobre o que consiste a liga mas na forma como é preparada: quais as temperaturas aplicadas, em que ordem os metais são adicionados, etc.

A mais pequena variação nestes parâmetros pode causar grandes variações no som, aspecto e durabilidade do prato. Segundo Armand Zildjian:" O nosso segredo não está na composição. Não está escrito nem definido. É uma técnica presenciada e aprendida ao longo do tempo, com o aquele bolo que a avó fazia".

A tradição turca dita que o segredo apenas fosse transmitido ao filho mais velho da família. Ao quebrar este princípio, revelando a receita a ambos os filhos Armand e Robert, Avedis Zildjian III inconscientemente originou a cisão da família e da companhia com o mais novo, Robert, a mudar-se dos E.U.A. para o Canadá e a fundar a Sabian.


O estilo Suíço-Germânico data de cerca de 1917 e deve-se a Michael Paiste. Tudo começou realmente na Estónia, donde a família Paiste é originária. O nome do estilo é uma generalização regional já que existem grandes diferenças entre Paiste e Meinl em termos de produção.

Tradicionalmente, a liga mais usada é a B8. A razão é simples: A Paiste e a Meinl compram os discos de liga de metal já acabados a fundições especializadas, que os fazem segundo especificações estritas, mas numa liga que é mais standartizada para muitas outras aplicações industriais sendo assim mais fácil de produzir e de obter, que é precisamente a B8.

Como em qualquer material compósito, os ingredientes não fazem a história da sua qualidade e características. No caso da metalurgia e especificamente na produção de pratos de bronze, a qualidade do material depende das temperaturas durante mistura e prensagem, das pressões aplicadas, a ordem de mistura dos ingredientes, etc. Estas variantes influenciam a resistência, força, rigidez, maleabilidade, enfim, o som do produto. Portanto, B8 nem sempre é igual a B8.

A Paiste é a única companhia na sua categoria a utilizar mais duas ligas nas suas séries profissionais. Para além da B8, a sua B20 dos Sound Formula e Sound Creation é bem diferente da Turca como pode ser bem sentido e ouvido. Para a linha Paiste, por vezes chamada Paiste Signature ou Paiste Paiste é usada uma terceira liga. Segundo a Paiste, esta foi a primeira liga especialmente desenvolvida para a produção de pratos. É a Paiste Sound Alloy cujos ingredientes exactos não são conhecidos mas devem ser, essencialmente e uma vez mais, cobre e estanho.


O método Italiano é originário da cidade de Pistoia, atribuído a Tronci e remonta a 1910. As pequenas fábricas que apareceram juntaram-se e formaram a UFIP (Unione dei Fabricanti Italiani di Piati - no meu italiano cavernoso) que é a mais importante representante da indústria italiana, a par da extinta Tosco.

A liga usada é, em termos de ingredientes, idêntica ao bronze turco. Também contém uma quantidade mínima de prata. Ao contrário da fabricação turca, a receita não tem nada de secreto. A UFIP é a única fábrica onde se pode levar uma câmara e registar tudo o que houver para ver do seu processo eminentemente artesanal.

Segundo Luigi Tronci da UFIP: "Temos essencialmente duas máquinas: a mão esquerda e a mão direita". Os Italianos são os únicos pratos genuínamente moldados em fundição. O metal fundido é deitado em moldes que definem logo a forma final do prato. Segue-se depois a afinação por escavação e martelamento e o acabamento.


Fnalmente, o método chinês é especialmente representado pelo seu principal produtor, a Wuhan, que funciona há mais de 1900 anos!

O número de companhias produtoras de pratos na China é desconhecido. Poucos entraram nestes locais e documentaram o seu processo ancestral e em relação às ligas chinesas supõe-se que seja a tradicional B20.

Quanto a métodos, os metais são fundidos, misturados e deitados em moldes e martelados e repetidamente aquecidos e arrefecidos para se obter a espessura e o perfil típicos dum prato chinês. A mistura exacta e ingredientes são mantidos em segredo mas a sonoridade e sensação dos pratos chineses presupõe uma produção irregular e inconsistente.

Embora os chineses nâo dêem prioridade ao aspecto visual do prato, com arestas pouco acabadas e buracos por vezes descentrados, têm critérios de avaliação sonora muito restritos e há companhias em que o Inspector Chefe rejeita cerca de 40% da produção, algo que poria qualquer fábrica ocidental na falência ao fim de um mês.


Texto básicamente elaborado e sucintamente traduzido a partir do livro The Cymbal Book de Hugo Pinksterboer. São cerca de 200 páginas com a mais variada informação objectiva sobre pratos, resultado duma pesquisa feita durante anos, com visitas às seis principais fábricas ocidentais e conversas com os seus presidentes, projectistas, fundidores, marteladores e ainda em contactos com muitos bateristas, junto com a experiência do autor como baterista, editor de revistas de bateria, técnico de reparação de baterias e vendedor de lojas de baterias. Recomendo vivamente!


Texto e imagens por: JoaoTimbalao
Imagem Anexada
File Type: jpg cymbal-book.jpg (240,7 KB, 168 leituras)
__________________
- Mom, I want to be a drummer when I grow up!
- But honey, you can't do both...

Última edição de Madeira : Seg, 23 de Junho de 2008 às 23:30. Razão: Formatação de parágrafos e sub-títulos para uma melhor leitura.
Gibraltar não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Seg, 28 de Agosto de 2006   #2
ShallNotFall
 
Membro desde: 23-Abr-2006
Local: Aveiro
Mensagens: 729
ShallNotFall será famoso em breveShallNotFall será famoso em breve
xiça meu,tu dás cada seca,lol...
ShallNotFall não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Seg, 28 de Agosto de 2006   #3
Leodreammer
 
Membro desde: 27-Jun-2006
Local: Faro
Mensagens: 951
Leodreammer está no bom caminho
e eu a pensar que os 2002 eram feitos em liga b20..mas pronto se a maneira como são fabricados têm um peso fundamental fico mais descansado..
interessante!
Leodreammer não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Ter, 29 de Agosto de 2006   #4
FlickBohnam
 
Membro desde: 12-Abr-2006
Local: Viana do Castelo
Mensagens: 56
FlickBohnam está no bom caminho
Hehehe, aí ve-se quem é bom e quem nao

A Paiste é que tem Col***s para fazer pratos topo de gama, do material com qual outros só conseguem fazer pratos para iniciantes

Mas nao entendam mal isso, eu nao sou fanático da Paiste, os pratos b8 da sabian n sao nada maus pelo preco por qual sao vendidos, mas realmente nessas coisinhas ve-se quem faz a diferenca no mercado e quem nao.

David Cariano
__________________
Don't breathe that air!
FlickBohnam não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Ter, 29 de Agosto de 2006   #5
Brasas
 
Membro desde: 7-Abr-2006
Local: Albufeira
Mensagens: 2.146
Brasas é uma jóia em brutoBrasas é uma jóia em brutoBrasas é uma jóia em brutoBrasas é uma jóia em bruto
O joao timbalao tinha feito uma cena assim parecida...
Mais ta muito bom topico...
Brasas não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Qua, 30 de Agosto de 2006   #6
Gibraltar
Fundador (actualmente sem funções)
 
Membro desde: 2-Abr-2006
Local: Amadora
Mensagens: 101
Gibraltar será famoso em breve
Se reparares no final do artigo o texto está atribuído ao João Timbalão, foi um dos artigos que recuperei do site anterior

Citação:
Mensagem Original de Brasas
O joao timbalao tinha feito uma cena assim parecida...
Mais ta muito bom topico...
__________________
- Mom, I want to be a drummer when I grow up!
- But honey, you can't do both...
Gibraltar não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Sáb, 16 de Junho de 2007   #7
warlike
 
Membro desde: 5-Mai-2006
Local: Lisboa
Mensagens: 1.527
warlike é mesmo fixewarlike é mesmo fixewarlike é mesmo fixewarlike é mesmo fixewarlike é mesmo fixewarlike é mesmo fixewarlike é mesmo fixe
fogo, granda post. e para quando uma marca de pratos nacional, com pratos personalizados?
warlike não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Dom, 17 de Junho de 2007   #8
Jorge Cardoso
 
Membro desde: 16-Jan-2007
Local: Leiria
Mensagens: 1.054
Jorge Cardoso é mesmo fixeJorge Cardoso é mesmo fixeJorge Cardoso é mesmo fixeJorge Cardoso é mesmo fixeJorge Cardoso é mesmo fixeJorge Cardoso é mesmo fixe
Excelente post Os pratos são História!! Muito bom tópico
Fez-me gostar ainda mais da Paiste
__________________
"...água fura em dura mole, tanto dá até que pedra..."
Jorge Cardoso não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Dom, 17 de Junho de 2007   #9
João Gil
 
Membro desde: 21-Dez-2006
Local: Tercena
Mensagens: 227
João Gil tem uma aura espectacular à voltaJoão Gil tem uma aura espectacular à volta
Tá mt fixe... Bom trabalho
__________________
Se não vives para a musica, não vivas!!

João Gil não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Dom, 17 de Junho de 2007   #10
warlike
 
Membro desde: 5-Mai-2006
Local: Lisboa
Mensagens: 1.527
warlike é mesmo fixewarlike é mesmo fixewarlike é mesmo fixewarlike é mesmo fixewarlike é mesmo fixewarlike é mesmo fixewarlike é mesmo fixe
para o pessoal que não sabe, andam para aí posts antigos, que vocês nem sonham.. grandes leituras. usem-se ali do search em cima para procurar o que quer que seja, que aparecem os vários posts sobre o que pesquisarem..
warlike não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Seg, 23 de Junho de 2008   #11
Miguel Martinho
 
Membro desde: 3-Abr-2006
Local: Bobadela/Lisboa
Mensagens: 7.215
Miguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luz
Re: PRATOS - História, Ligas e Métodos de Produção

Desenterrei este tópico.
Estamos numa época que se fala muito de pratos e este tópico responde a muitas questões.
__________________
Baquetas BateristasPT-Missom
Miguel Martinho não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Seg, 23 de Junho de 2008   #12
TRex
 
Membro desde: 30-Dez-2007
Local: Portugal
Mensagens: 2.215
TRex é mesmo fixeTRex é mesmo fixeTRex é mesmo fixeTRex é mesmo fixeTRex é mesmo fixeTRex é mesmo fixeTRex é mesmo fixeTRex é mesmo fixe
Re: PRATOS - História, Ligas e Métodos de Produção

Muito bem desenterrado!
Cumps
__________________


"Não acrescentes dias à tua vida, mas vida aos teus dias..."
TRex não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Seg, 23 de Junho de 2008   #13
Madeira
 
Membro desde: 3-Abr-2006
Local: Portimão
Mensagens: 7.606
Madeira é um glorioso foco de luzMadeira é um glorioso foco de luzMadeira é um glorioso foco de luzMadeira é um glorioso foco de luzMadeira é um glorioso foco de luzMadeira é um glorioso foco de luzMadeira é um glorioso foco de luzMadeira é um glorioso foco de luzMadeira é um glorioso foco de luzMadeira é um glorioso foco de luzMadeira é um glorioso foco de luz
Gosto Re: PRATOS - História, Ligas e Métodos de Produção

Excelente 'desenterranço'!

Fiz uma pequena edição nos parágrafos e realcei algumas secções para melhor leitura, uma vez que o texto estava demasiado compactado.
Madeira não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Sáb, 26 de Julho de 2008   #14
warlike
 
Membro desde: 5-Mai-2006
Local: Lisboa
Mensagens: 1.527
warlike é mesmo fixewarlike é mesmo fixewarlike é mesmo fixewarlike é mesmo fixewarlike é mesmo fixewarlike é mesmo fixewarlike é mesmo fixe
Re: PRATOS - História, Ligas e Métodos de Produção

Another dig! Para relembrar e acrescentar a este postíssimo, vou deixar-vos aqui um link para 'checkarem' quando puderem.
http://home.mnet-online.de/cymbalism...s/sitemap.html
warlike não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Sáb, 26 de Julho de 2008   #15
enes

 
Membro desde: 8-Fev-2008
Local: esposende/ caracas VEN
Mensagens: 3.911
enes é um glorioso foco de luzenes é um glorioso foco de luzenes é um glorioso foco de luzenes é um glorioso foco de luzenes é um glorioso foco de luzenes é um glorioso foco de luzenes é um glorioso foco de luzenes é um glorioso foco de luzenes é um glorioso foco de luzenes é um glorioso foco de luzenes é um glorioso foco de luz
Re: PRATOS - História, Ligas e Métodos de Produção

estes gajos sao cá uns estudiosos que ate me arrepio !
bom post
__________________
nop... nada... rien... niente... napa de assinatura.
enes não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Seg, 3 de Novembro de 2008   #16
sanozuke
 
Membro desde: 24-Jan-2008
Local: cacem
Mensagens: 34
sanozuke está no bom caminho
Re: PRATOS - História, Ligas e Métodos de Produção

bem só de ver a capa do livro... babei o teclado todo...:| nunca vi tantos pratos juntos lol
sanozuke não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Sex, 27 de Fevereiro de 2009   #17
Wakai
 
Membro desde: 15-Jan-2009
Local: Brasil
Mensagens: 107
Wakai tem uma aura espectacular à voltaWakai tem uma aura espectacular à volta
Re: PRATOS - História, Ligas e Métodos de Produção

Post exelente, vou imediatamente procurar esse livro demais!
Wakai não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Resposta



Opções

Regras
Aqui não podes criar novos assuntos
Aqui não podes responder a mensagens
Aqui não podes colocar anexos
Aqui não podes editar as tuas mensagens

Código vB está Ligado
Smilies estão Ligados
Código [IMG] está Ligado
Código HTML está Desligado
Escolher Fórum

Assuntos Semelhantes
Assunto Autor do Assunto Fórum Respostas Última Mensagem
BateristasPT.com - A História Miguel Martinho Notícias de Primeira Página 38 Ter, 29 de Outubro de 2013 10:11
Esplanada: Piadas de bateristas (Drummer jokes) semi Esplanada dos Batucadores (Off Topic) 8 Sex, 23 de Dezembro de 2011 10:31
Pela segunda vez... Oi DavidMorais Apresentação de Novos Membros 24 Dom, 13 de Novembro de 2011 16:43
Se Isto Não é Gozar Com A Cara De Quem Trabalha O Que é Então? LEONEL RODRIGUES Esplanada dos Batucadores (Off Topic) 117 Sex, 16 de Julho de 2010 12:29



São agora 07:20. (horário GMT +1)


Design by: vithorius
Copyright ©2001 - 2019, Fórum BateristasPT.com
Powered by vBulletin®
Copyright ©2000 - 2019, Jelsoft Enterprises Ltd.
Gravatar as Default Avatar by 1e2.it