Voltar   BateristasPT.com > ENSAIO, APRENDIZAGEM E PARTILHA DE CONHECIMENTOS > Apreciação e Debate de Escolas e Professores
Página Principal Registar FAQ Membros Calendário Pesquisar Mensagens de Hoje Marcar Fóruns como Lidos

Apreciação e Debate de Escolas e Professores Questões sobre escolas de música, professores particulares, métodos de ensino, preços de aulas da bateria, percussão, etc.
ATENÇÃO: Nesta secção não são permitidos anúncios!


Resposta
Opções
Não lido Qui, 15 de Setembro de 2011   #1
Esc Musica VC
 
Membro desde: 13-Mai-2011
Local: Lisboa
Mensagens: 33
Esc Musica VC é uma quantidade desconhecida por enquanto
Aulas em acústica ou digital?

Gostávamos de levantar uma questão e de "ouvir" a opinião do pessoal aqui do fórum: para quem está a aprender a tocar bateria, em que medida é relevante a bateria ser acústica ou digital? Acreditam que até determinado nível é indiferente e que mais tarde se torna imprescindível aprender em acústicas? Como aprenderam?

Ficamos a aguardar as vossas opiniões!!
Esc Musica VC não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Qui, 15 de Setembro de 2011   #2
Ticó
 
Membro desde: 12-Jul-2007
Local: Oeiras
Mensagens: 764
Ticó é uma jóia em brutoTicó é uma jóia em brutoTicó é uma jóia em brutoTicó é uma jóia em bruto
Re: Aulas em acústica ou digital?

Boas,

Bem na minha modesta opinião, penso que até a um nível muito básico acho que não faz diferença aprender em digital ou acústica, quando digo nível básico, digo aprender as noções básicas de coordenação e postura, como aprender a pegar numa baqueta e como atacar as peças e até mesmo os exercícios iniciais de rudimentos.
Após um aluno evoluir e começar já a dominar alguns padrões básicos de ritmo, penso que a acústica é melhor, já que ao nível do ressalto (para mim é o que diferencia em grande uma eletrónica duma acústica) o aluno vai notar uma grande diferença de controlo e talvez para evoluir mais, a acústica seja o mais indicado.
Mas é claro tudo depende também dos objetivos do aluno, e do material que tem ou não à sua disposição fora da escola.
A bateria eletrónica, a meu ver, será sempre uma mais valia em caso de se viver num apartamento e não se querer incomodar os vizinhos, mas nunca poderá substituir o "feeling" de tocar numa acústica. São coisas completemente diferentes.
Claro está que existem eletrónicas quase perfeitas, mas estamos a falar de preços absurdamente elevados.

Resumindo e concluindo, a acústica no meu entender deverá ser sempre utilizada como objeto de aprendizagem.

Cumps,
Ticó
__________________
(ex-Eumesmo)
Ticó não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Qui, 15 de Setembro de 2011   #3
serrinha
 
Membro desde: 28-Out-2007
Local: Valença
Mensagens: 1.846
serrinha é uma jóia em brutoserrinha é uma jóia em brutoserrinha é uma jóia em bruto
Re: Aulas em acústica ou digital?

Citação:
Mensagem Original de Ticó Ver Mensagem
Boas,

Bem na minha modesta opinião, penso que até a um nível muito básico acho que não faz diferença aprender em digital ou acústica, quando digo nível básico, digo aprender as noções básicas de coordenação e postura, como aprender a pegar numa baqueta e como atacar as peças e até mesmo os exercícios iniciais de rudimentos.
Após um aluno evoluir e começar já a dominar alguns padrões básicos de ritmo, penso que a acústica é melhor, já que ao nível do ressalto (para mim é o que diferencia em grande uma eletrónica duma acústica) o aluno vai notar uma grande diferença de controlo e talvez para evoluir mais, a acústica seja o mais indicado.
Mas é claro tudo depende também dos objetivos do aluno, e do material que tem ou não à sua disposição fora da escola.
A bateria eletrónica, a meu ver, será sempre uma mais valia em caso de se viver num apartamento e não se querer incomodar os vizinhos, mas nunca poderá substituir o "feeling" de tocar numa acústica. São coisas completemente diferentes.
Claro está que existem eletrónicas quase perfeitas, mas estamos a falar de preços absurdamente elevados.

Resumindo e concluindo, a acústica no meu entender deverá ser sempre utilizada como objeto de aprendizagem.

Cumps,
Ticó
Ia dizer exactamente o mesmo.

Eu até diria mais, nessa fase inicial o Ticó fala, a meu ver, até nem importa aprender em pads de treino.

Mas lá está, para quem está já noutra fase de evolução, a bateria acústica seria mais vantajosa devido ao tipo de ressalto que lhe é característico.

Abraço
serrinha não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Qui, 15 de Setembro de 2011   #4
Rui Ferreira
 
Membro desde: 22-Jun-2011
Local: Espinho
Mensagens: 89
Rui Ferreira é uma quantidade desconhecida por enquanto
Re: Aulas em acústica ou digital?

Eu acho que desde início é bastante importante aprender em bateria acústica. Eu tenho uma bateria de cada género, e digam o que disserem é muito diferente, desde o próprio som até à maneira de tocar.

Não levem esta opinião como a de um gajo que é contra tudo o que for digital, porque é mentira, eu próprio tenho uma Roland TD-9.

Puro e simplesmente acho muito importante desde os primeiros passos eles estarem habituados ao tamanho e à delicadeza de uma bateria acústica.

CHEERS!
__________________
"...even the best drummers get hungry!"

http://www.facebook.com/jackie.lynchburg
Rui Ferreira não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Qui, 15 de Setembro de 2011   #5
Bernardo
 
Membro desde: 29-Out-2009
Local: Porto
Mensagens: 2.459
Bernardo tem uma aura espectacular à voltaBernardo tem uma aura espectacular à voltaBernardo tem uma aura espectacular à volta
Re: Aulas em acústica ou digital?

A meu ver, bateria acústica desde o início. Isto porque ter, desde cedo, o contacto com uma bateria acústica é sempre importante para o nosso desenvolvimento. Tomar conhecimento do som, de como se dispõe as peças, o saber quando está afinado ou não...
Numa e-drum, isso não é possível. E, de certo modo, começamos mal habituados e com uma perspectiva diferente quando realmente formos praticar numa acústica.
__________________
[ex-Punksongsdrummer]
Bernardo não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Sex, 16 de Setembro de 2011   #6
Esc Musica VC
 
Membro desde: 13-Mai-2011
Local: Lisboa
Mensagens: 33
Esc Musica VC é uma quantidade desconhecida por enquanto
Re: Aulas em acústica ou digital?

Obrigado pelas opiniões já dadas!
A nossa Escola apenas tem baterias acústicas e, naturalmente, temos preocupações pedagógicas e técnicas relativamente ao que ensinamos. Sabemos que alguns dos nossos alunos tiveram mesmo de optar pela electrónica para terem em casa por causa dos vizinhos (como já foi aqui referido), mas sentimos que o gozo que têm em tocar nas nossas é diferente...
Mas também já ouvimos a opinião de que, para os promeiros exercícios básicos de coordenação para miúdos com 10/12 anos, basta umas almofadas em casa!!

Ficamos à espera de mais opiniões!
Esc Musica VC não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Sex, 16 de Setembro de 2011   #7
Bernardo Nobre
 
Membro desde: 3-Jul-2011
Local: Rio Maior
Mensagens: 444
Bernardo Nobre será famoso em breve
Re: Aulas em acústica ou digital?

Citação:
Mensagem Original de Esc Musica VC Ver Mensagem
Obrigado pelas opiniões já dadas!
A nossa Escola apenas tem baterias acústicas e, naturalmente, temos preocupações pedagógicas e técnicas relativamente ao que ensinamos. Sabemos que alguns dos nossos alunos tiveram mesmo de optar pela electrónica para terem em casa por causa dos vizinhos (como já foi aqui referido), mas sentimos que o gozo que têm em tocar nas nossas é diferente...
Mas também já ouvimos a opinião de que, para os promeiros exercícios básicos de coordenação para miúdos com 10/12 anos, basta umas almofadas em casa!!

Ficamos à espera de mais opiniões!
Têm toda a razão!!! Eu ainda não tenho bateria, por isso a minha maneira de treinar é com uma almofada, mas um bocado mais dura.
__________________
[ex-Dusk]
DrumCraft Series 6
Istanbul Mehmet Samatya /Sabian APX /Zultan Aja
Bernardo Nobre não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Sex, 16 de Setembro de 2011   #8
Simao Pedro Sa
 
Membro desde: 8-Jun-2007
Local: famalicao
Mensagens: 494
Simao Pedro Sa é uma jóia em brutoSimao Pedro Sa é uma jóia em brutoSimao Pedro Sa é uma jóia em bruto
Re: Aulas em acústica ou digital?

Eu também tenho acustica e electrónica, e sou da mesma opinião da maioria, não há nada como tocar em acustica, a electrónica quase não tem sensibilidade! (estou a falar da roland td4 kx, apesar dos pads serem porreiros, falta mesmo sensibilidade...)
Simao Pedro Sa não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Sex, 16 de Setembro de 2011   #9
Mario Esteves
Aguarda confirmação de email
 
Membro desde: 27-Mai-2010
Local: Porto
Mensagens: 296
Mario Esteves será famoso em breveMario Esteves será famoso em breve
Re: Aulas em acústica ou digital?

Citação:
Mensagem Original de Simao Pedro Sa Ver Mensagem
Eu também tenho acustica e electrónica, e sou da mesma opinião da maioria, não há nada como tocar em acustica, a electrónica quase não tem sensibilidade! (estou a falar da roland td4 kx, apesar dos pads serem porreiros, falta mesmo sensibilidade...)

Será que pretendias dizer "dinâmica", e não "sensibilidade"?
Mario Esteves não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Seg, 19 de Setembro de 2011   #10
Simao Pedro Sa
 
Membro desde: 8-Jun-2007
Local: famalicao
Mensagens: 494
Simao Pedro Sa é uma jóia em brutoSimao Pedro Sa é uma jóia em brutoSimao Pedro Sa é uma jóia em bruto
Re: Aulas em acústica ou digital?

Citação:
Mensagem Original de Mario Esteves Ver Mensagem
Será que pretendias dizer "dinâmica", e não "sensibilidade"?
Não, é mesmo sensibilidade... só tem 3 niveis de sensibilidade....
Simao Pedro Sa não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Ter, 20 de Setembro de 2011   #11
Mario Esteves
Aguarda confirmação de email
 
Membro desde: 27-Mai-2010
Local: Porto
Mensagens: 296
Mario Esteves será famoso em breveMario Esteves será famoso em breve
Re: Aulas em acústica ou digital?

Citação:
Mensagem Original de Simao Pedro Sa Ver Mensagem
Não, é mesmo sensibilidade... só tem 3 niveis de sensibilidade....
Ok Simão! Peço desculpa. É que já tive
A td4 kx mas com o módulo da td9. Com
Este deixas de ter esse problema. As dinâmicas
Resolves com o módulo da td12 ou td20.
O problema das e-drums é que tem um som
Fantástico pois as peças são todas equilibradas.
Quando passas para uma acústica é que
Começam os problemas. Aí é que se distinguem
Os bons dos maus e para seres bom tens
Que treinar muito e, mesmo assim, há sempre
Algo a melhorar...
Mário
Mario Esteves não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Ter, 20 de Setembro de 2011   #12
Miguel Martinho
 
Membro desde: 3-Abr-2006
Local: Bobadela/Lisboa
Mensagens: 7.215
Miguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luz
Re: Aulas em acústica ou digital?

Isto é meio complicado porque acho que a aprendizagem da bateria passa por diversas fases.

Sou da opinião que no início qualquer coisa serve, até as almofadas do sofá (eu aprendi assim). Nesta fase o importante não é tocar numa bateria, o importante é a postura, a noção da distância das peças e, o mais importante, a coordenação motora.
Até mesmo air-dumming é útil e há casos de bateristas profissionais e com notoriedade no meio que aprenderam a tocar fazendo air-drumming.

Depois, vem a fase de passar das almofadas para algo que faça som de bateria, aqui é indiferente se é acústica ou electrónica.

E depois virá a parte de ouvir o que se está a tocar e como se está a conseguir soar. E aqui é importante a utilização exclusiva de uma acústica.
A electrónica tem um problema para esta fase, não erra no som. Mesmo que se bata mal ou bem, ela vai soar sempre a bateria.
Nesta fase é realmente importante o recurso e aprendizagem numa acústica porque vai ser aqui que se começa a separar o trigo do joio.


Eu já dei uma aulas a amigos de iniciação. A primeira coisa que faço antes de lhes ensinar o quer que seja é:
Senta-te na bateria acústica e toca onde te apetecer. Faz o que quiseres, como quiseres. Não importa se estás a fazer bem ou mal, se está a soar bem ou mal, o importante é que sintas a reacção da bateria ao que estás a fazer.
Passado uns 10 minutos então sim, passo para a coordenação (até porque a fase do barulho é boa para avaliar a coordenação do "aluno"), e aqui é indiferente que o faça na bateria, até já houve casos que os meti a tocar no ar (poupa-me os ouvidos também).
Quando um aluno consegue fazer um 4/4 a direito, durante alguns compassos, então sim, a passagem para a bateria é importante, e aqui até pode ser electrónica.


Uma coisa é certa, uma electrónica não substitui uma acústica. Uma electrónica é mais uma ferramenta que temos ao nosso dispor. Uma coisa pode complementar a outra até (cada vez mais as baterias híbridas são solução). Um baterista pode ser muito bom numa acústica, mas se quiser estar actual vai ter de aprender a tocar numa electrónica.
Não é igual a maneira de tocar e se queremos tirar sensibilidades e dinâmicas mesmo de uma TD-3 temos de aprender a fazer isso.

Nota: uma Roland TD-3 (tal como a TD-4, etc.), tem dinâmica e sensibilidade. Temos de aprender a fazer isso e perder um bocado de tempo com o módulo. Se usarem um VSTi tipo Addictive Drums irão notar que as electrónicas têm dinâmicas e sensibilidade.
Tal como nas acústicas, a força numa electrónica também precisa de ser controlada e é aqui que temos de aprender a tocar em pads/mesh da mesma maneira que aprendemos a tocar em peles e pratos.
A questão aqui é que é mais fácil importar sabedoria de uma acústica para uma electrónica que ao contrário. Para todos os efeitos, uma electrónica é controlada por natureza, uma acústica não é controlada por natureza e é o baterista que tem de fazer isso a 100% (numa electrónica tem a ajuda do módulo que faz metade do trabalho).


Concordo em parte com o Leonel, mas não totalmente
Até porque eu já uso electrónica diariamente e é a minha ferramenta de trabalho na música.
__________________
Baquetas BateristasPT-Missom
Miguel Martinho não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Ter, 20 de Setembro de 2011   #13
Miguel Martinho
 
Membro desde: 3-Abr-2006
Local: Bobadela/Lisboa
Mensagens: 7.215
Miguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luz
Re: Aulas em acústica ou digital?

Citação:
Mensagem Original de LEONEL RODRIGUES Ver Mensagem
Boas
Continuo na minha!
Aprender...numa bateria a sério!
Depois... é com o pessoal.

Ainda resisto ao plástico, embora ache piada a certas coisas e até brinque com algumas E que produzem acordes nos pads..mas..bateria só madeira, metal e peles.

E Miguel, é verdade que algumas E têm sensibilidade...mas não é a mesma coisa!!
E já agora, nenhuma bateria tem dinâmica.
Os bateristas é que se espera que a tenham!
Certo?

Abraço
A questão é que um guitarrista de eléctrica actualmente não necessita obrigatoriamente de aprender a tocar primeiro numa acústica.
Um fotógrafo actualmente não precisa de aprender a trabalhar numa câmara óptica para usar uma digital.

O ponto principal de decisão e por onde começar/aprender a tocar bateria é qual o meio para onde se vai mexer. Obviamente se for para jazz, tem de usar acústica porque precisa de características que as electrónicas ainda não dominam bem.

Acerca da dinâmica, o factor bateria/módulo já conta e muito. Se meteres a sensibilidade do módulo toda no máximo, por mais dinâmica que tentes tocar, o som sai sempre com o mesmo volume. Como vês, há certas coisas que já mudaram mesmo a nível de linguagem.
__________________
Baquetas BateristasPT-Missom
Miguel Martinho não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Ter, 20 de Setembro de 2011   #14
Miguel Martinho
 
Membro desde: 3-Abr-2006
Local: Bobadela/Lisboa
Mensagens: 7.215
Miguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luz
Re: Aulas em acústica ou digital?

Posso-te garantir que hoje cursos certificados de fotografia profissionais já não pegam nos filmes a não ser em casos específicos de estúdio, e mesmo assim é por curiosidade e não por utilidade.

Os jazzistas não pegam porque são velhos do restelo e ainda hoje continuam a defender métodos de há 50 anos atrás.
Já há baterias/pads que aceitam escovas, portanto, os teus 200 anos podem estar mais próximos do que pensas

Vai lá ver o Akira Jimbo ou o Neil Peart e depois diz-me se eles estão a brincar às playstations


EDIT:
Sinceramente, ao nível que as coisas estão a evoluir, não consigo ter um opinião muito concreta a este respeito.
Cada vez mais a electrónica está presente em todo o lado.
Se tocar acustica é importante? Claro, mas sem duvida nenhuma.
Se vai ser "amanhã"? Não sei,,,
__________________
Baquetas BateristasPT-Missom

Última edição de Miguel Martinho : Ter, 20 de Setembro de 2011 às 11:41.
Miguel Martinho não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Ter, 20 de Setembro de 2011   #15
Miguel Martinho
 
Membro desde: 3-Abr-2006
Local: Bobadela/Lisboa
Mensagens: 7.215
Miguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luz
Re: Aulas em acústica ou digital?

O Omar foi a "cara" da Roland para lançar a TD-20. Tenho lá o DVD promocional da marca.

O parecer a modern talking e afins é opção. Hoje em dia com os VSTi que há, só metemos a bateria electrónica a soar a plástico se quisermos (já o fiz para uma música no Indaba).
É cada vez mais comum álbuns serem gravados com electrónicas porque facilita o trabalho em tudo.
Já tens a Pearl a lançar electrónicas com formatos de acusticas e a Zildjian a fazer o mesmo com os pratos com samplers de excelente qualidade.

Sim, o futuro pode passar pelo acrílico, mas se calhar passará pela mistura do acrílico com electrónica.


A minha maneira de ver esta evolução, é que é um erro pensarmos no electrónico como substituto da madeira. A electrónica é outra ferramenta que temos. É mais uma arma e um complemento para os bateristas.
Se há meia-dúzia de anos era praticamente impossível um baterista gravar ou ensaiar em casa, actualmente pode fazê-lo sem problemas e com boa qualidade. Porque a evolução disto tudo não se fica pelos pads e pelo módulo, há muito mais coisas a acontecer ao mesmo tempo em vias paralelas mas com o mesmo fim.
Já hoje muitos de vocês gostaram do som da bateria de um disco ou outro e na volta essa bateria é um bocado de plástico.
__________________
Baquetas BateristasPT-Missom
Miguel Martinho não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Ter, 20 de Setembro de 2011   #16
Miguel Martinho
 
Membro desde: 3-Abr-2006
Local: Bobadela/Lisboa
Mensagens: 7.215
Miguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luz
Re: Aulas em acústica ou digital?

Se tens malta a querer gravar à força com acústicas e depois lhe metem com processadores e compressores no máximo em cima (ou triggers), porque é que não usam logo uma electrónica de inicio e se deixam de ser puristas falsos?

O ser ou não natural depende de maneira como o som é tratado na mesa.
Eu não uso o som do módulo da minha TD-3 porque tirando alguns sons, soam muito a plastico (em especial no ataque), mas estou muito satisfeito com o que consigo com o VSTi que uso.
Se não tivesse isto que tenho actualmente, nem tocava bateria sequer.
__________________
Baquetas BateristasPT-Missom

Última edição de Miguel Martinho : Ter, 20 de Setembro de 2011 às 12:35.
Miguel Martinho não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Ter, 20 de Setembro de 2011   #17
Miguel Martinho
 
Membro desde: 3-Abr-2006
Local: Bobadela/Lisboa
Mensagens: 7.215
Miguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luz
Re: Aulas em acústica ou digital?

Obviamente que se tivesse meios de ter uma acústica montada em casa e pudesse tocar, tinha-a. Mas o mais certo é que actualmente teria uma híbrida. Há um mundo novo a explorar na electronica que o acustico não nos dá.
Se o acustico nos dá a pureza do som, o electrónico abre-nos o leque na criatividade.


E com isto saímos do assunto do topico, mas para enquadrar acho que actualmente faz todo o sentido incluir a componente electrónica na formação de um baterista.
__________________
Baquetas BateristasPT-Missom
Miguel Martinho não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Ter, 20 de Setembro de 2011   #18
Miguel Martinho
 
Membro desde: 3-Abr-2006
Local: Bobadela/Lisboa
Mensagens: 7.215
Miguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luz
Re: Aulas em acústica ou digital?

Isso do fundamental tirando a técnica, pouco mais sobra
__________________
Baquetas BateristasPT-Missom
Miguel Martinho não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Ter, 20 de Setembro de 2011   #19
DanTheMan
 
Membro desde: 11-Ago-2009
Local: Berlin, Germany
Mensagens: 340
DanTheMan é uma jóia em brutoDanTheMan é uma jóia em brutoDanTheMan é uma jóia em brutoDanTheMan é uma jóia em bruto
Re: Aulas em acústica ou digital?

Na minha opinião a bateria electronica nunca poderá substituir uma acústica.
O feeling que se tem a tocar num pele ou num plástico é totalmente diferente. E, falo por mim, a bateria em que se está a tocar inspira-nos para o que estamos a tocar. A mim inspira-me muito mais tocar numa coisa palpável do que tocar nuns plásticos que através de triggers, vão disparar sons para uns phones.
Quem viu pode rever, quem não viu devia ver o DVD do Benny Greb e o que ele diz e faz numa parte chamada orcherstration improv. Há um excerto no youtube mas não consigo por aqui o link porque estou no telemóvel. Basicamente é usar a bateria como instrumento musical: os aros, as madeiras, tocar com as mãos, usar só a tarola... E por muito que se queira isso não é possível numa electrónica.

A electrónica, na minha opinião, é boa para completar a acústica mas nunca para a substituir.

Abraço,
Daniel
__________________
www.ianlate.com
DanTheMan não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Ter, 20 de Setembro de 2011   #20
Miguel Martinho
 
Membro desde: 3-Abr-2006
Local: Bobadela/Lisboa
Mensagens: 7.215
Miguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luz
Re: Aulas em acústica ou digital?

Para mim, esta discussão não pode ser levada pelo meio da comparação.

Eu já passei por um processo idêntico a este acerca das discussões entre analógico e digital quando foi a mudança no mundo da fotografia. Nessa altura pertencia a um forum e muitas conversas deste género houve. Eu proprio era um anti-digital até que tive de me render às evidências.

Em tempos passou-se o mesmo no digital e analógico nos estudios de gravação. Havia quem jurasse a pés juntos que JAMAIS gravaria em digital, ou usaria mesas digitais ou gravadores não físicos... pois... pois...

As pessoas abordam estas questões na comparação e não na evolução natural do material. Depois passam a vida a matutar no "toque", no SOM, no sei lá o quê... e só muito mais tarde é que reparam que se calhar andaram a ver mal as coisas.

Eu pelo sim pelo não, nesta coisa da electronica na bateria comecei logo a ter uma mente aberta desde início e o que é certo é que hoje em dia nada me choca em termos de utilização do electrónico.
Aliás, e aqui espero que ninguém tenha um ataque cardíaco, eu já nem bateria acústica tenho. Não dou concertos, não preciso de uma acústica para nada.
Gravo 1 tema em meia hora já contando com a aprendizagem do mesmo. Aumentei consideravelmente a minha técnica desde que comprei a electrónica e actualmente tenho mais criatividade do que tinha há 6 anos atrás.
Quando toco numa acústica, hoje consigo tirar melhor som dela do que conseguia antes de abrir os horizontes.

Ah, o Benny faz sons com toda a bateria! E?! isso já eu fazia também, não tem nada a ver com tocar ou não electrónica.



O Benny faz a primeira parte deste solo na acustica?

Este é um exemplo de como os dois mundos se complementam, e este senhor com 60 anos acompanhou desde sempre estes dois mundos, por isso também está À frente de muitos outros.
__________________
Baquetas BateristasPT-Missom

Última edição de Miguel Martinho : Ter, 20 de Setembro de 2011 às 14:31.
Miguel Martinho não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Ter, 20 de Setembro de 2011   #21
joaocadete
 
Membro desde: 4-Jul-2009
Local: mafra
Mensagens: 382
joaocadete será famoso em breve
Re: Aulas em acústica ou digital?

epah nao ha nada como pegar numa baqueta e sentir realmente uma bateria acustica, o falhar da tarola e acertar num aro, sentir o bombo, aquele estalo no ouvido de sentir uma bateria a bombar.


Sinceramente acustica é muito mais apelativa do que uma e drum e facilmente um aprendiz de baterista vai ficar farto de tocar e desistir!
joaocadete não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Ter, 20 de Setembro de 2011   #22
Miguel Martinho
 
Membro desde: 3-Abr-2006
Local: Bobadela/Lisboa
Mensagens: 7.215
Miguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luz
Re: Aulas em acústica ou digital?

Citação:
Mensagem Original de joaocadete Ver Mensagem
epah nao ha nada como pegar numa baqueta e sentir realmente uma bateria acustica, o falhar da tarola e acertar num aro, sentir o bombo, aquele estalo no ouvido de sentir uma bateria a bombar.


Sinceramente acustica é muito mais apelativa do que uma e drum e facilmente um aprendiz de baterista vai ficar farto de tocar e desistir!
Isso é completamente errado!
Toco há 15 anos, ultimos 5 apostei na electronica e estou longe de estar farto.
__________________
Baquetas BateristasPT-Missom
Miguel Martinho não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Ter, 20 de Setembro de 2011   #23
joaocadete
 
Membro desde: 4-Jul-2009
Local: mafra
Mensagens: 382
joaocadete será famoso em breve
Re: Aulas em acústica ou digital?

Miguel eu tive uma yamaha dtx 4 e fartei-me dela passado 4 meses e vendi!

Tenho a acustica a 1 ano e tal e é onde aprendo e sinceramente tou longe de tar farto de tocar e jamais penso em vender!

Pronto entao para mim nao deu e nao dou valor a uma eletrica e acho que quem vai aprender tambem nao vai dar porque nao vai ser aquela coisa toda de tocar.
joaocadete não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Ter, 20 de Setembro de 2011   #24
Miguel Martinho
 
Membro desde: 3-Abr-2006
Local: Bobadela/Lisboa
Mensagens: 7.215
Miguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luz
Re: Aulas em acústica ou digital?

O gosto de tocar para mim não passa pelo material que uso mas sim como me soa o que estou a tocar, como estou a gostar do que estou a tocar, etc.

Havendo a possibilidade de ter um som mais acustico usando VSTi, para mim é indiferente que os pads sejam de borracha ou não. Aliás, eu toco exactamente da mesma maneira que toco numa acústica e ainda me deu para conseguir controlar melhor as baquetas com os dedos.

O meu pensamento actualmente a nível de material é:
- Quero mais disto, quero mais inovações, quero pads de 3 zonas, quero mesh e quero gravar mais músicas.
Não me estou a ver cansar disto nos próximos tempos. Se me cansar disto, então, cansei-me da música.

Não tenho um estúdio onde possa ter a acústica montada, portanto, já nem penso em material acústico para mim.


E chegar a casa, ligar PC, ligar bateria, fones nos ouvidos... ensaiar 2 ou 3 vezes uma música, REC... e tou a gravar. Numa acústica é impossível fazer isto... e é disto que gosto.
Gosto muito de tocar ao vivo, mas para se chegar ao palco é estar dependente de terceiros, e eu para isso já não tenho paciência.
__________________
Baquetas BateristasPT-Missom

Última edição de Miguel Martinho : Ter, 20 de Setembro de 2011 às 18:19.
Miguel Martinho não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Ter, 20 de Setembro de 2011   #25
Esc Musica VC
 
Membro desde: 13-Mai-2011
Local: Lisboa
Mensagens: 33
Esc Musica VC é uma quantidade desconhecida por enquanto
Re: Aulas em acústica ou digital?

Que boa discussão!
Apesar de estarmos a fugir do tópico inicial relacionado com a aprendizagem e com a valorização, numa escola de música, de as baterias serem digitais ou acústicas, a verdade é que os argumentos apresentados de ambos os lados estão bem fundamentados...
A nossa experiência é a de que os nossos alunos, alguns deles já num quarto ou quinto ano de aprendizagem e com um domínio bastante evoluído do instrumento, valorizam o facto de a nossa Escola apenas dar aulas em acústica (ao contrário de outras).
De qualquer forma nunca tínhamos pensado na ideia de uma e-drum poder servir de complemento à formação e gostávamos de vos ouvir acerca do modo como isso poderia ser feito e em que medida isso seria importante.

Mais uma vez obrigado pela óptima conversa aqui gerada. Grande fórum, este!
Esc Musica VC não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Ter, 20 de Setembro de 2011   #26
Miguel Martinho
 
Membro desde: 3-Abr-2006
Local: Bobadela/Lisboa
Mensagens: 7.215
Miguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luz
Re: Aulas em acústica ou digital?

Claro que a formação/aprendizagem do instrumento Bateria deve ser dado numa acústica. Pelo menos numa vertente contínua.
Acho que quanto a isso não haverá grande conversa. Nós acabámos por andar aqui a falar de outros aspectos relacionados com a electrónica.
E é no alargar de horizontes/conhecimentos que me parece que actualmente talvez faça sentido as escolas pensarem em como introduzir as electrónicas aos alunos.

Até porque, certamente há alunos que na escola aprendem numa acústica e em casa estudam/praticam numa electrónica. Ora, estes alunos têm de se adaptar aos dois mundos assim que se sentam na bateria que vão usar naquele momento.

Como já demonstrei, a electrónica abre-nos novas perspectivas, novos métodos de trabalho que uma acústica não permitia.
Porque não as escolas criarem um complemento de como configurar uma bateria electrónica, ou de como tirar partido de uma electrónica além de servir só como bateria. De como ligar uma electrónica ao PC e usá-la para gravar ou disparar samplers do PC.

Se forem dar uma vista de olhos na área de Baterias Electrónicas aqui no forum há muitas dúvidas a este nível.
Muitos poderão dizer que isso é obrigação de um técnico de som, mas não é só. Este é um problema e uma questão que todos os bateristas que tenham uma electrónica no quarto deveriam de dominar da mesma forma que deveriam saber afinar uma bateria acústica, etc. Ou de como é que os bateristas podem criar o seu modelo híbrido!

Deu para ver, e já o sabia, que isto das mudanças de acústico para electrónico dá "guerras" de ideias. Mas metam uma coisa na cabeça, a electrónica veio para ficar e quanto mais cedo aceitarmos isso, mais depressa compreendemos porque é que uma não substitui a outra e apenas se complementam. No final, mais depressa sabemos tirar partido destas inovação todas.

Se as Escolas VC estão interessadas nesta evolução, secalhar está numa boa altura de pensarem em como incluir esta coisa toda dos pads e fios no meio das madeiras e bronze. Os alunos só ficavam a ganhar com isto, tenho a certeza.

EDIT:
O grande problema que vejo nisso poderá ser a hipoteca falta de interesse por parte dos alunos porque ainda têm na cabeça que electrónica não vale nada e nem serve para nada... mas depois chegam aqui e perguntam como ligar uma electronica ao PC...
__________________
Baquetas BateristasPT-Missom

Última edição de Miguel Martinho : Ter, 20 de Setembro de 2011 às 19:49.
Miguel Martinho não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Ter, 20 de Setembro de 2011   #27
Miguel Martinho
 
Membro desde: 3-Abr-2006
Local: Bobadela/Lisboa
Mensagens: 7.215
Miguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luz
Re: Aulas em acústica ou digital?

mas e porque é que o tal do órgão em vez ter de ser pianista não sai um Jean M. Jarre?! É tão válido ser uma M. João Pires ou um Laginha como sair um Jarre.

Nem todos querem ser pianistas da mesma forma que nem todos querem ser bateristas de jazz!


Eu sou baterista de rock puro e duro. Gosto das fusões do industrial, do experimentais do progressivo e das melodias do sinfónica. A electrónica serve-me muito bem. Posso criar uma hibrida, posso trocar de sons sem ter de trocar de tarola ou afinação.
__________________
Baquetas BateristasPT-Missom

Última edição de Miguel Martinho : Ter, 20 de Setembro de 2011 às 20:21.
Miguel Martinho não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Ter, 20 de Setembro de 2011   #28
Esc Musica VC
 
Membro desde: 13-Mai-2011
Local: Lisboa
Mensagens: 33
Esc Musica VC é uma quantidade desconhecida por enquanto
Re: Aulas em acústica ou digital?

Citação:
Mensagem Original de Miguel Martinho Ver Mensagem
Claro que a formação/aprendizagem do instrumento Bateria deve ser dado numa acústica. Pelo menos numa vertente contínua.
Acho que quanto a isso não haverá grande conversa. Nós acabámos por andar aqui a falar de outros aspectos relacionados com a electrónica.
E é no alargar de horizontes/conhecimentos que me parece que actualmente talvez faça sentido as escolas pensarem em como introduzir as electrónicas aos alunos.

Até porque, certamente há alunos que na escola aprendem numa acústica e em casa estudam/praticam numa electrónica. Ora, estes alunos têm de se adaptar aos dois mundos assim que se sentam na bateria que vão usar naquele momento.

Como já demonstrei, a electrónica abre-nos novas perspectivas, novos métodos de trabalho que uma acústica não permitia.
Porque não as escolas criarem um complemento de como configurar uma bateria electrónica, ou de como tirar partido de uma electrónica além de servir só como bateria. De como ligar uma electrónica ao PC e usá-la para gravar ou disparar samplers do PC.

Se forem dar uma vista de olhos na área de Baterias Electrónicas aqui no forum há muitas dúvidas a este nível.
Muitos poderão dizer que isso é obrigação de um técnico de som, mas não é só. Este é um problema e uma questão que todos os bateristas que tenham uma electrónica no quarto deveriam de dominar da mesma forma que deveriam saber afinar uma bateria acústica, etc. Ou de como é que os bateristas podem criar o seu modelo híbrido!

Deu para ver, e já o sabia, que isto das mudanças de acústico para electrónico dá "guerras" de ideias. Mas metam uma coisa na cabeça, a electrónica veio para ficar e quanto mais cedo aceitarmos isso, mais depressa compreendemos porque é que uma não substitui a outra e apenas se complementam. No final, mais depressa sabemos tirar partido destas inovação todas.

Se as Escolas VC estão interessadas nesta evolução, secalhar está numa boa altura de pensarem em como incluir esta coisa toda dos pads e fios no meio das madeiras e bronze. Os alunos só ficavam a ganhar com isto, tenho a certeza.

EDIT:
O grande problema que vejo nisso poderá ser a hipoteca falta de interesse por parte dos alunos porque ainda têm na cabeça que electrónica não vale nada e nem serve para nada... mas depois chegam aqui e perguntam como ligar uma electronica ao PC...
As Escolas de Música Valentim de Carvalho têm de facto, apenas e só, baterias acústicas. Trata-se de uma opção pedagógica coerente com aquilo que pretendemos que a Escola seja - um local de referência onde de facto se aprende música e se deseja uma evolução contínua dos alunos.
No entanto, e porque (como disseste) alguns dos nossos alunos têm baterias digitais e, também, porque gostei da ideia de complemento à formação regular, poderíamos talvez pensar num workshop de aprofundamento de conhecimentos da bateria digital. Creio que, se se fizer uma sondagem no fórum e houver interesse nisso, poderíamos organizar algo dentro do que propões...
Que te parece?
Esc Musica VC não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Ter, 20 de Setembro de 2011   #29
Miguel Martinho
 
Membro desde: 3-Abr-2006
Local: Bobadela/Lisboa
Mensagens: 7.215
Miguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luz
Re: Aulas em acústica ou digital?

A mim essa ideia do workshop parece-me boa ideia até para desmitificar um pouco o que é isto do lado electronico na bateria.
__________________
Baquetas BateristasPT-Missom
Miguel Martinho não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Qua, 21 de Setembro de 2011   #30
Miguel Martinho
 
Membro desde: 3-Abr-2006
Local: Bobadela/Lisboa
Mensagens: 7.215
Miguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luz
Re: Aulas em acústica ou digital?

Citação:
Mensagem Original de LEONEL RODRIGUES Ver Mensagem
Ó Miguel!
E sabes quem é o Jean Michel Jarre? É só filho do Maurice Jarre!
Mas conheçes a formação musical dele? Tudo piano.
Como o John Lord
Rick Wakeman
Patrick Moraz
Yourgen Fritz
Keith Emerson
Ray Manzarek


Abraço
PS: Isto promete!!
Mas repara que apesar de serem pianistas, ou terem formação em piano, não foi por esse caminho que seguiram. Renderam-se ao digital ou, aos sintetizadores analógicos, osciladores, etc., etc.
Mesmo o Richard Wright (RIP) - Pink Floyd, tinha formação em piano e acho que também num instrumento de sopro, mas seguiu o caminho do electrónico. Claro que tocam piano, mas aceitaram o electrónico como uma evolução e juntaram os dois mundos. É isso que eu quero realçar, o aproveitar da evolução dos instrmentos e, consequentemente, da música.
__________________
Baquetas BateristasPT-Missom
Miguel Martinho não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Qua, 21 de Setembro de 2011   #31
DanTheMan
 
Membro desde: 11-Ago-2009
Local: Berlin, Germany
Mensagens: 340
DanTheMan é uma jóia em brutoDanTheMan é uma jóia em brutoDanTheMan é uma jóia em brutoDanTheMan é uma jóia em bruto
Re: Aulas em acústica ou digital?

Miguel, não consigo ver o vídeo mas penso que seja do neil peart e só por isso deve ser bom de certeza.
Em relação ao Benny só fazer isso e tu também já fazeres há mais tempo, experimenta fazer isso numa electrónica...

Acho que a acústica é a base e os elementos electrónicos um complemento.
A não em conceitos específicos, claro.

Citação:
Mensagem Original de Miguel Martinho Ver Mensagem
Para mim, esta discussão não pode ser levada pelo meio da comparação.

Eu já passei por um processo idêntico a este acerca das discussões entre analógico e digital quando foi a mudança no mundo da fotografia. Nessa altura pertencia a um forum e muitas conversas deste género houve. Eu proprio era um anti-digital até que tive de me render às evidências.

Em tempos passou-se o mesmo no digital e analógico nos estudios de gravação. Havia quem jurasse a pés juntos que JAMAIS gravaria em digital, ou usaria mesas digitais ou gravadores não físicos... pois... pois...

As pessoas abordam estas questões na comparação e não na evolução natural do material. Depois passam a vida a matutar no "toque", no SOM, no sei lá o quê... e só muito mais tarde é que reparam que se calhar andaram a ver mal as coisas.

Eu pelo sim pelo não, nesta coisa da electronica na bateria comecei logo a ter uma mente aberta desde início e o que é certo é que hoje em dia nada me choca em termos de utilização do electrónico.
Aliás, e aqui espero que ninguém tenha um ataque cardíaco, eu já nem bateria acústica tenho. Não dou concertos, não preciso de uma acústica para nada.
Gravo 1 tema em meia hora já contando com a aprendizagem do mesmo. Aumentei consideravelmente a minha técnica desde que comprei a electrónica e actualmente tenho mais criatividade do que tinha há 6 anos atrás.
Quando toco numa acústica, hoje consigo tirar melhor som dela do que conseguia antes de abrir os horizontes.

Ah, o Benny faz sons com toda a bateria! E?! isso já eu fazia também, não tem nada a ver com tocar ou não electrónica.



O Benny faz a primeira parte deste solo na acustica?
www.youtube.com/watch?v=GHkucr1jJpQ

Este é um exemplo de como os dois mundos se complementam, e este senhor com 60 anos acompanhou desde sempre estes dois mundos, por isso também está À frente de muitos outros.
__________________
www.ianlate.com
DanTheMan não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Qua, 21 de Setembro de 2011   #32
Miguel Martinho
 
Membro desde: 3-Abr-2006
Local: Bobadela/Lisboa
Mensagens: 7.215
Miguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luz
Re: Aulas em acústica ou digital?

as coisas não podem ser vistas e analisadas sobre o que numa acústica se pode fazer e numa electrónica não.
Como disseste, os dois mundos podem complementar-se e isso só faz dos bateristas músicos mais completos. A malta fechar-se só à volta das madeiras é, quanto a mim, nos dias de hoje, negativo.

Eu estou a apostar no mundo da electrónica porque me abriu portas que até agora estavam fechadas. Estou fascinado com o que isto permite e com o que pode permitir no futuro.
Como eu havera certamente mais pessoas e nós queremos saber mais, exigimos mais e aqui as escolas podem marcar já a sua presença
__________________
Baquetas BateristasPT-Missom
Miguel Martinho não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Qua, 21 de Setembro de 2011   #33
DanTheMan
 
Membro desde: 11-Ago-2009
Local: Berlin, Germany
Mensagens: 340
DanTheMan é uma jóia em brutoDanTheMan é uma jóia em brutoDanTheMan é uma jóia em brutoDanTheMan é uma jóia em bruto
Re: Aulas em acústica ou digital?

Assim já concordo mais contigo. Uma electrónica nunca pode substituir uma acústica e vice versa. São dois caminhos paralelos e que nalgumas situações se podem cruzar, complementando-se. Mas acho que a aprendizagem devia começar numa acústica e se houver necessidade/interesse, passar para uma electrónica e não ao contrário.


Citação:
Mensagem Original de Miguel Martinho Ver Mensagem
as coisas não podem ser vistas e analisadas sobre o que numa acústica se pode fazer e numa electrónica não.
Como disseste, os dois mundos podem complementar-se e isso só faz dos bateristas músicos mais completos. A malta fechar-se só à volta das madeiras é, quanto a mim, nos dias de hoje, negativo.

Eu estou a apostar no mundo da electrónica porque me abriu portas que até agora estavam fechadas. Estou fascinado com o que isto permite e com o que pode permitir no futuro.
Como eu havera certamente mais pessoas e nós queremos saber mais, exigimos mais e aqui as escolas podem marcar já a sua presença
__________________
www.ianlate.com
DanTheMan não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Qua, 21 de Setembro de 2011   #34
Farinha
 
Membro desde: 20-Set-2011
Local: Alameda
Mensagens: 12
Farinha é uma quantidade desconhecida por enquanto
Re: Aulas em acústica ou digital?

Bem não tenho nada contra as baterias electrónicas. Para quem está a morar num apartamento e não pode fazer muito barulho é mesmo o ideal.
Sendo que as baterias electrónicas mais actuais estão muito porreiro.
Farinha não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Ter, 27 de Setembro de 2016   #35
Tito124
 
Membro desde: 19-Set-2016
Local: Porto
Mensagens: 6
Tito124 é uma quantidade desconhecida por enquanto
Re: Aulas em acústica ou digital?

Acústica sem dúvida!
Tito124 não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Resposta



Opções

Regras
Aqui não podes criar novos assuntos
Aqui não podes responder a mensagens
Aqui não podes colocar anexos
Aqui não podes editar as tuas mensagens

Código vB está Ligado
Smilies estão Ligados
Código [IMG] está Ligado
Código HTML está Desligado
Escolher Fórum

Assuntos Semelhantes
Assunto Autor do Assunto Fórum Respostas Última Mensagem
PRATOS – Dicas para uma correcta Escolha e Teste João Timbalão Pratos (Cymbals) 43 Sex, 29 de Agosto de 2014 12:13
Trabalho associado a Economia/Gestão, em empresas ou instituções na área musical Ryuzaky Esplanada dos Batucadores (Off Topic) 2 Seg, 21 de Fevereiro de 2011 23:21
Tutorial: Como converter discos de rebarbadora em bateria digital. (com fotos) Gibraltar Tutoriais, Bricolage e Faça-Você-Mesmo 9 Qua, 27 de Janeiro de 2010 00:42
Que pratos compro para tocar em casa com pouco dinheiro? Zildjian ZBT ou Istanbul ART? trips Aconselhamento para a compra de material 27 Sáb, 19 de Maio de 2007 12:22
baterias em mogno africano ,mogno filipino ou em maple? Qual a melhor escolha? P.Alex Aconselhamento para a compra de material 14 Seg, 26 de Março de 2007 23:45



São agora 00:19. (horário GMT +1)


Design by: vithorius
Copyright ©2001 - 2020, Fórum BateristasPT.com
Powered by vBulletin®
Copyright ©2000 - 2020, Jelsoft Enterprises Ltd.
Gravatar as Default Avatar by 1e2.it