Voltar   BateristasPT.com > MATERIAL E EQUIPAMENTOS > Hardware, Acessórios e Equipamentos
Página Principal Registar FAQ Membros Calendário Pesquisar Mensagens de Hoje Marcar Fóruns como Lidos

Hardware, Acessórios e Equipamentos Tudo sobre pedais, suportes e tripés, racks, peles, baquetas, etc


Resposta
Opções
Não lido Qua, 26 de Maio de 2010   #1
Pipó
 
Membro desde: 25-Jan-2007
Local: Lisboa
Mensagens: 1.973
Pipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luz
A importância das peles de ressonância - dicas

Decidi abrir este tópico para partilhar alguma da minha experiência quanto a peles de ressonância. Vejo uma preocupação constante com peles de ataque, quais são as melhores, etc. e vejo pouco preocupação com a pele que para mim tem maior importância que a de ataque nestes sentidos:
- A pele de ressonância, chama-se desta forma pois vai dar o quanto o nosso som vai ressoar. Vai-nos dar o tamanho da nota ( dependendo tb da medida do casco claro ) e mais importante que tudo vai dar o TEMPO da nota, tempo no sentido de quando o ar deslocado da pele de ataque chega à pele de ressonância vai ter depois de ser lançado dessa mesma pele de ressonância para fora.

Se não tivermos uma pele de ressonância em condições e mudada periodicamente não teremos um som perfeito e sem aquele harmónico descontrolado.
Algumas dicas da minha parte que acho interessantes:
- Quando por exemplo temos um harmónico descontrolado e pensamos em usar algo para abafar como fita, moongel, etc. antes sequer de o fazermos temos de perceber de onde esse harmónico vem, e normalmente vem da pele de ressonância. Então o que fariamos erradamente que era abafar a pele de ataque e consequentemente cortar muito do som bonito do casco, faremos agora o seguinte:

Afinar a pele de ataque com um tom por exemplo posado numa mesa de forma a abafar completamente a pele de ressonância. Afinar a pele de ataque neste caso é sentirmos que temos uma nota redonda e bonita, o chamado ponto G da pele onde ela canta e de uma forma bonita.
A partir desse momento temos a pele a cantar em sintonia com o casco.

Depois montaremos a pele de ressonância e faremos o mesmo até esta pele de ressonância estar com um timbre aproximado/igual à da pele de ataque, ou seja, termos o mesmo "pitch".

Agora aqui começa a funcionar o gosto pessoal, o tipo de peles, o tipo de cascos, etc. tantos factores que vão influenciar o som mas daria algumas dicas:

Madeira menos duras como o maple gostam de uma afinação média/apertada na pele de ataque, e um pouco mais apertada na pele de ressonância. Ou seja a pele de ressonancia um pouquinho mais apertada que a de ataque. E gostam também mais de peles single ply de ataque para poder cantar ao máximo.

Madeiras mais duras como a bubinga, oak, etc gostam de peles double ply de ataque com single ply de ressonância e afinações iguais nas peles de ataque e de ressonância, ou seja, pele com tensão e nota igual em cima e em baixo.

Obviamente que isto é a minha opinião para termos um som standard de qualidade, mas cada um tem o seu gosto e forma de ter o seu melhor som, que para si vai ser o ideal.

Outra dica quanto às peles de ressonância: Montar o tom na bateria e com a baqueta ir tocando na pele de ataque e com a outra mão e com a chave ir dando pequenos toques de aperto/desaperto nos vários parafusos até conseguirmos chegar àquele que está a dar o harmónico ou o som indesejado. Há sempre o que eu lhe chamo parafuso supresa, que é o parafuso que vai controlar esse tal harmónico, pequenos toques esq. / drt. e ir sempre batendo na pele de ataque até conseguirmos alcançar o som que queremos.

A altura ideal para mudar as peles de ressonância é em cada 2/3 mudanças de peles de ataque.
Depois dentro das peles de ressonância o comum é usar-se uma pele single ply, e temos como grandes standards a Remo Ambassador clear ou coated e a Evans G1 clear ou coated. No caso da remo as Diplomat funcionam também super bem para quem quer tirar o máximo de ressonância do casco pois são mais finas que uma ambassador. Falando no coated para ressonância, eu sou super fã do mesmo mas nas tais madeiras mais softs como o maple, nas madeiras duras não funciona tão bem. O que faz é amaciar o som, fica mais controlado e quente. bateristas que usam peles de ressonancia coated temos por exemplo Benny Greg ou Vinnie Colaiuta.
Mas de notar que clear de ataque com coated de ressonancia não funciona bem, o ideal é coated + coated e coated + clear.

Exemplos:

Maple/Birch/Mogno, etc. madeiras menos duras:
Ambassador clear ou coated ataque + ambassador clear ou coated de ressonância
Ambassador clear ou coated ataque + diplomat clear ou coated
Vintage A coated ataque + ambassador coated ressonancia
G1 clear ou coated ataque + G1 clear ou coated de ressonância
Gplus ataque + G1 ou Gplus de ressonância

Bubinga/Ash/Oak, etc. madeira duras:
Emperor clear ou coated ataque + Ambassador clear ou coated ressonancia
Emperor clear ou coated ataque + Diplomat clear ou coated ressonancia
Vintage Emperor coated ataque + Ambassador coated ressonancia
G2 clear ou coated ataque + G1 clear ou coated de ressonancia

Pus de fora as EC da Evans e as Pinstripe por serem peles demasiado controladas e que cortam bastante o som dos cascos.

Também há situações que de forma nenhuma conseguimos retirar aquele som descontrolado que não queremos e poderão haver várias razões algumas delas comuns até: o bearing edge não é perfeito. o aro está empenado. a pele tem algum defeito. a pele não é a certa para aquela bateria. E depois claro pode acontecer como me aconteceu quando começei que o problema era meu e eu n sabia o que estava a fazer. E também se o casco não é minimamente bom de nada nos servirá o nosso esforço mas o que eu aconselho é se nada mais funcionar abafarmos com fita ou moongel ou qq coisa a pele de ressonancia, não a de ataque. Porque depois imaginem uma bateria micada e micada claro está na pele de ataque. Se a pele de ataque estiver muito abafada não vai soar nem projectar.

Queria chamar à atenção de novo que isto que eu escrevi funciona para mim e para aquilo que eu gosto, obviamente que há muita coisa que eu disse que muitos não concordarão e eu respeito porque há gostos para tudo.

Espero que tenha sido útil.

Abraços.

Última edição de Pipó : Qui, 27 de Maio de 2010 às 01:00. Razão: erro ortográfico
Pipó não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Qua, 26 de Maio de 2010   #2
João Isaac
 
Membro desde: 2-Ago-2006
Local: Lisboa
Mensagens: 608
João Isaac será famoso em breveJoão Isaac será famoso em breve
Re: A importância das peles de ressonância - dicas

Post mesmo muito útil, há sempr euma grande dúvida sobre a ressonancia e tu deste aqui uma grande opinião que explicas tudo detalhadamente o que é muito bom.

O facto de usar moongel também não é só pelos harmonicos, eu muitas vezes uso o moongel pelo facto de não querer que o tom não soe durante muito tempo e como não quero uma nota mais aguda uso o moongel.

Tudo o que tu dizes está muito certo e irei um dia exprimentar pôr coated na ressonancia a ver no que da.

Abraços
João Isaac não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Qua, 26 de Maio de 2010   #3
Pipó
 
Membro desde: 25-Jan-2007
Local: Lisboa
Mensagens: 1.973
Pipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luz
Re: A importância das peles de ressonância - dicas

Citação:
Mensagem Original de Yzak Ver Mensagem
Post mesmo muito útil, há sempr euma grande dúvida sobre a ressonancia e tu deste aqui uma grande opinião que explicas tudo detalhadamente o que é muito bom.

O facto de usar moongel também não é só pelos harmonicos, eu muitas vezes uso o moongel pelo facto de não querer que o tom não soe durante muito tempo e como não quero uma nota mais aguda uso o moongel.

Tudo o que tu dizes está muito certo e irei um dia exprimentar pôr coated na ressonancia a ver no que da.

Abraços
Exacto mano, ou numa situação que queremos baixar o volume do casco porque estamos num bar ou num sitio mais pequeno, aí sim devemos abafar a pele de ataque de forma a ter menos volume.

Abraço e obg.
Pipó não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Qua, 26 de Maio de 2010   #4
João Isaac
 
Membro desde: 2-Ago-2006
Local: Lisboa
Mensagens: 608
João Isaac será famoso em breveJoão Isaac será famoso em breve
Re: A importância das peles de ressonância - dicas

Na minha tarola o problema nao e de ressonancia e na de ataque que esta com harmonico, nao sei mesmo que fazer...
João Isaac não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Qua, 26 de Maio de 2010   #5
ressu
 
Membro desde: 1-Jul-2008
Local: Barcelos
Mensagens: 58
ressu está no bom caminho
Re: A importância das peles de ressonância - dicas

Grande tópico!

Agora se me permites vou acrescentar que no site da remo (link) tem muito boa
informação mas é em inglês o que torna ainda mais útil o tópico para quem não sabe
inglês.

Mas por exemplo uma das coisas que dizem lá é que "as melhores" afinações para peles de ressonância dos timbalões é com o mesmo tom (pitch), tal como disseste, ou então com um intervalo de 2 menor, acima ou abaixo.

Além de falar dos timbalões fala também da tarola e bombo e explica o tipo de som
que se obtêm através de certas afinações.

Obrigado pela informação das peles que se adequam para ataque e ressonância dependendo das madeiras. Muito bom!
ressu não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Qua, 26 de Maio de 2010   #6
Pipó
 
Membro desde: 25-Jan-2007
Local: Lisboa
Mensagens: 1.973
Pipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luz
Re: A importância das peles de ressonância - dicas

Citação:
Mensagem Original de ressu Ver Mensagem
Grande tópico!

Agora se me permites vou acrescentar que no site da remo (link) tem muito boa
informação mas é em inglês o que torna ainda mais útil o tópico para quem não sabe
inglês.

Mas por exemplo uma das coisas que dizem lá é que "as melhores" afinações para peles de ressonância dos timbalões é com o mesmo tom (pitch), tal como disseste, ou então com um intervalo de 2 menor, acima ou abaixo.

Além de falar dos timbalões fala também da tarola e bombo e explica o tipo de som
que se obtêm através de certas afinações.

Obrigado pela informação das peles que se adequam para ataque e ressonância dependendo das madeiras. Muito bom!
Obrigado pelas tuas palavras Ressu e obrigado também por complementares com a informação do site da Remo!

Quanto ao mesmo pitch de facto, na minha opinião, funciona bem nas madeiras duras como disse, no caso do maple e falando da minha bateria funciona bem é com a pele de ressonância um pouco mais apertada, ou explicando melhor: meio tom acima do tom da pele de ataque.

Abraço.

Pipó adicionou o seguinte texto, 5 minutos e 46 segundos depois:

Citação:
Mensagem Original de Yzak Ver Mensagem
Na minha tarola o problema nao e de ressonancia e na de ataque que esta com harmonico, nao sei mesmo que fazer...
Mas nas tarolas já é diferente..
Porque abafar a pele de ressonância numa tarola não vai funcionar porque o snare tem de soar livre junto com a pele. Nas tarolas devemos abafar sempre na pele de ataque.
Mano como já falámos sobre o teu caso é como te disse, tens de me trazer a tua tarola para eu ver o que posso ajudar-te. Mas esse harmónico pode se dever a tantos factores! Inclusive basta algo na sala, estudio ou palco onde estejas que apanhe a mesma frequência da tarola e então vibra em conjunto..etc.. até o tripé onde ela está assente pode ser factor de som alterado porque o ferro do mesmo faz de condução do som..
Mas para já fazes como te disse, quando nada mais dá, é usar fita ou moongel. Experimenta fita de tecido! É excelente opção. começa aos poucos até desaparecer o harmónico.

Abração.

Última edição de Pipó : Qua, 26 de Maio de 2010 às 20:28. Razão: Mensagem automaticamente fundida/mesclada pelo sistema.
Pipó não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Qua, 26 de Maio de 2010   #7
João Isaac
 
Membro desde: 2-Ago-2006
Local: Lisboa
Mensagens: 608
João Isaac será famoso em breveJoão Isaac será famoso em breve
Re: A importância das peles de ressonância - dicas

Pois eu sei, temos que combinar ai um dia pa te levar a tarola e pa falarmos um pouco.

Eu tenho a minha bateria afinado como o Pipó diz e uma bateria que e de gama de entrada soa bastante bem. A cena que eu complemento é que para gamas de entrada as EC2 são peles bastante boas, como os cascos não cantam assim nada de especial as EC2 dão um som bastante razoavel a bateria.
João Isaac não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Qui, 27 de Maio de 2010   #8
Lu Batera
 
Membro desde: 17-Jan-2007
Local: Barcelona
Mensagens: 750
Lu Batera é mesmo fixeLu Batera é mesmo fixeLu Batera é mesmo fixeLu Batera é mesmo fixeLu Batera é mesmo fixeLu Batera é mesmo fixe
Re: A importância das peles de ressonância - dicas

Excelente tópico!

Pipó, quanto à pele de ressonância da tarola, defendes uma afinação mais apertada ou mais lassa?
Eu também tenho por hábito soltar um pouco mais os quatro parafusos dos pontos que estão juntos ao snare, acho que assim o snare vive mais. E utilizo o snare muito pouco apertado, mas eu gosto que ressoe e que vibre quando se toca noutras peças da bateria.
Lu Batera não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Qui, 27 de Maio de 2010   #9
Pipó
 
Membro desde: 25-Jan-2007
Local: Lisboa
Mensagens: 1.973
Pipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luz
Re: A importância das peles de ressonância - dicas

Citação:
Mensagem Original de Lu Batera Ver Mensagem
Excelente tópico!

Pipó, quanto à pele de ressonância da tarola, defendes uma afinação mais apertada ou mais lassa?
Eu também tenho por hábito soltar um pouco mais os quatro parafusos dos pontos que estão juntos ao snare, acho que assim o snare vive mais. E utilizo o snare muito pouco apertado, mas eu gosto que ressoe e que vibre quando se toca noutras peças da bateria.
Obrigado amigo Lu.

quanto à tarola tudo vai depender daquilo que vou tocar e da tarola que vou utilizar mas diria que numa tensão apertada da pele de ataque uso a mesma tensão nas duas peles, depois numa tensão média e média/baixa posso usar a pele de ressonância à mesma tensão mas também faço o seguinte:
- Se quero mais snare e mais ressonância deixo a pele de ressonância a uma tensão média.
- Se quero mais ataque do snare mas tendo a pele de ataque numa tensão baixa, deixo a pele de ressonância um pouco mais apertada que a de ataque.

Depois tb claro está controlo a quantidade de snare no throw-off. Mas normalmente o meu som gosta de snare mais para o apertado.

Mas acho aquele tipo de tarolas com controle do ar uma invenção espectacular como tem a Dw e a Odery.

Quanto a essa forma de deixar os parafusos perto do snare mais lassos tenho de experimentar! Nunca tinha pensado nisso

Abração.
Pipó não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Qui, 27 de Maio de 2010   #10
JoãoMartins
 
Membro desde: 3-Jan-2008
Local: Lisboa
Mensagens: 23
JoãoMartins está no bom caminho
Re: A importância das peles de ressonância - dicas

Bom tópico. Mas a minha pergunta é a seguinte: isso de deixar os parafusos com diferentes tensões dos restantes não haverá perigo de empenar os aros?

Abraço
JoãoMartins não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Qui, 27 de Maio de 2010   #11
Lu Batera
 
Membro desde: 17-Jan-2007
Local: Barcelona
Mensagens: 750
Lu Batera é mesmo fixeLu Batera é mesmo fixeLu Batera é mesmo fixeLu Batera é mesmo fixeLu Batera é mesmo fixeLu Batera é mesmo fixe
Re: A importância das peles de ressonância - dicas

Citação:
Mensagem Original de JoãoMartins Ver Mensagem
Bom tópico. Mas a minha pergunta é a seguinte: isso de deixar os parafusos com diferentes tensões dos restantes não haverá perigo de empenar os aros?

Abraço
Referes-te aos aros da pele de ressonância da tarola? Bem, por um lado, já uso tensões diferentes em todas as peles, pois nunca procuro uma tensão uniforme nos parafusos, mas sim um som na pele, e para isso pode haver diferenças de tensão nas roscas dos parafusos; por outro lado, no aro de baixo da tarola existe um corte no aro na zona do snare, pelo que me parece até que o facto de gerar menos tensão aí na pele pode até levar a que o aro se empene menos, pois nessa zona o aro é um pouco mais frágil.
Lu Batera não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Qui, 27 de Maio de 2010   #12
Pipó
 
Membro desde: 25-Jan-2007
Local: Lisboa
Mensagens: 1.973
Pipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luz
Re: A importância das peles de ressonância - dicas

Citação:
Mensagem Original de Lu Batera Ver Mensagem
Referes-te aos aros da pele de ressonância da tarola? Bem, por um lado, já uso tensões diferentes em todas as peles, pois nunca procuro uma tensão uniforme nos parafusos, mas sim um som na pele, e para isso pode haver diferenças de tensão nas roscas dos parafusos; por outro lado, no aro de baixo da tarola existe um corte no aro na zona do snare, pelo que me parece até que o facto de gerar menos tensão aí na pele pode até levar a que o aro se empene menos, pois nessa zona o aro é um pouco mais frágil.
Exacto, por vezes em certas baterias até podemos ver uma ruga na pele e não quer dizer que a peça esteja desafinada, se está a soar como queremos é não mexer.
Pipó não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Qui, 27 de Maio de 2010   #13
Carlos Nevalainen
 
Membro desde: 30-Ago-2008
Local: Manchester-UK
Mensagens: 648
Carlos Nevalainen está no bom caminho
Re: A importância das peles de ressonância - dicas

grande Pipó grande post

abraços
Carlos Nevalainen não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Qui, 27 de Maio de 2010   #14
Miguel Martinho
 
Membro desde: 3-Abr-2006
Local: Bobadela/Lisboa
Mensagens: 7.215
Miguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luzMiguel Martinho é um glorioso foco de luz
Re: A importância das peles de ressonância - dicas

Pelo que percebi tu montas primeiro a pele de ataque e depois a de ressonância, certo? Porquê essa ordem?

E já agora, costumas começar pelas peças maiores ou pelas mais pequenas, ou seja, afinas por ordem do tom maior para o mais pequeno ou ao contrário?
__________________
Baquetas BateristasPT-Missom
Miguel Martinho não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Sex, 28 de Maio de 2010   #15
Pipó
 
Membro desde: 25-Jan-2007
Local: Lisboa
Mensagens: 1.973
Pipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luz
Re: A importância das peles de ressonância - dicas

Citação:
Mensagem Original de Miguel Martinho Ver Mensagem
Pelo que percebi tu montas primeiro a pele de ataque e depois a de ressonância, certo? Porquê essa ordem?

E já agora, costumas começar pelas peças maiores ou pelas mais pequenas, ou seja, afinas por ordem do tom maior para o mais pequeno ou ao contrário?
Monto primeiro a de ataque porque é a pele de ataque que me vai dar o timbre e a nota que eu quero. Qualquer peça da bateria tem aquela nota onde vamos tirar todo o potencial. Se quiseres até saber qual a nota retira as duas peles e dá pequenas pancadas no casco com a mão, um casco quando é bom consegues ouvir a nota do mesmo, tem de ser musical.
Mas tal como disse há uma nota em que a pele vai cantar em consonância com o casco, daí a ordem ser primeiro a de ataque porque depois vamos para a pele de ressonância, e daí o nome: controle da ressonância.( e também o tal controle do harmónico ).

Eu costumo afinar dependendo do numero de peças que vou utilizar para não haver grandes diferenças e soarem bem em conjunto.
Se tiver um kit 8,10,12,14,16, afinaria primeiro o 8 com o 16 e tentaria ter a mesma nota nos dois mas obviamente uma bem aguda e outra bem grave, porque se fizeres um fill do 8 até ao 16 eu acho bonito sonoramente que quando começas no 8 com uma nota aguda chegues ao 16 com essa mesma nota mas grave.
Depois afinaria o 10,12 e 14 em notas intermédias dos de 8 e 16. Mas tento claro que tudo soe musical e correcto em pitch.
Mas isto está tudo dependente de que estilo musical iria tocar.

Abraço.
Pipó não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Sex, 28 de Maio de 2010   #16
RATM 2
 
Membro desde: 26-Set-2009
Local: Vila Mea
Mensagens: 142
RATM 2 está no bom caminho
Re: A importância das peles de ressonância - dicas

Muito bom mesmo. Vou tentar descobrir a "nota chave" dos meus cascos e tentar trabalhar com isso. Obrigado continua
Abraço amigo
RATM 2 não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Sex, 28 de Maio de 2010   #17
Ticó
 
Membro desde: 12-Jul-2007
Local: Oeiras
Mensagens: 764
Ticó é uma jóia em brutoTicó é uma jóia em brutoTicó é uma jóia em brutoTicó é uma jóia em bruto
Re: A importância das peles de ressonância - dicas

Grande Pipó, sempre em alta!
Óptimo post, fiquei bastante clarificado.

Abraço!
__________________
(ex-Eumesmo)
Ticó não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Sex, 28 de Maio de 2010   #18
Bernardo
 
Membro desde: 29-Out-2009
Local: Porto
Mensagens: 2.459
Bernardo tem uma aura espectacular à voltaBernardo tem uma aura espectacular à voltaBernardo tem uma aura espectacular à volta
Re: A importância das peles de ressonância - dicas

Obrigado pelas palavras Pipó! Muito informativo, sempre em grande eheh
Eu por acaso tenho aqui andado bastante intrigado quanto a ressonantes .. Tenho ainda as de origem, com Pinstripe na batente com moongel ..
Será que fica bem (pretendo som mais grave e cheio, sem harmonico descontrolado) Pinstripe com Ambassador Coated na ressonancia ?

Grande abraço!
Bernardo não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Sáb, 29 de Maio de 2010   #19
enes

 
Membro desde: 8-Fev-2008
Local: esposende/ caracas VEN
Mensagens: 3.907
enes é um glorioso foco de luzenes é um glorioso foco de luzenes é um glorioso foco de luzenes é um glorioso foco de luzenes é um glorioso foco de luzenes é um glorioso foco de luzenes é um glorioso foco de luzenes é um glorioso foco de luzenes é um glorioso foco de luzenes é um glorioso foco de luzenes é um glorioso foco de luz
Re: A importância das peles de ressonância - dicas

e o bombo ?
com que nota afinas ?
tipo equivalencia com o de 16 ?
e se termos outras medidas de toms ?
por ex: 8"-10"-14 "
ou 12"-16" ?
seria melhor aprofundarmos este topico com as varias medidas em relaçao aos bombos, pois nem todos temos as mesmas afinaçoes e medidas.
se continuarmos nesta direcçao será sem sombra de duvidas um dos teus melhores topicos...
penso eu...
ou entao juntarmos todos os topicos concernando esta questao num só para futura pesquisa...
nao sei
__________________
nop... nada... rien... niente... napa de assinatura.
enes não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Dom, 30 de Maio de 2010   #20
Pipó
 
Membro desde: 25-Jan-2007
Local: Lisboa
Mensagens: 1.973
Pipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luz
Re: A importância das peles de ressonância - dicas

Citação:
Mensagem Original de Punksongsdrummer Ver Mensagem
Obrigado pelas palavras Pipó! Muito informativo, sempre em grande eheh
Eu por acaso tenho aqui andado bastante intrigado quanto a ressonantes .. Tenho ainda as de origem, com Pinstripe na batente com moongel ..
Será que fica bem (pretendo som mais grave e cheio, sem harmonico descontrolado) Pinstripe com Ambassador Coated na ressonancia ?

Grande abraço!
Olá Punksongdrummer,
Se tens ainda as de origem e já mudaste algumas vezes as de ataque está na altura de as mudares, vais notar uma diferença imensa no teu som. Pinstripe clear com ambassador coated não vai funcionar, e mesmo que seja pinstripe coated com ambassador coated também não acredito porque vai ficar o som super fechado.. isto no caso de ser uma boa bateria, se fôr uma bateria de gama mais baixa até pode funcionar e bem!

A melhor forma de chegarmos ao som que gostamos é experimentar e infelizmente experimentar implica gastar dinheiro em peles até acharmos.

Abraço.

Pipó adicionou o seguinte texto, 9 minutos e 43 segundos depois:

Citação:
Mensagem Original de enes Ver Mensagem
e o bombo ?
com que nota afinas ?
tipo equivalencia com o de 16 ?
e se termos outras medidas de toms ?
por ex: 8"-10"-14 "
ou 12"-16" ?
seria melhor aprofundarmos este topico com as varias medidas em relaçao aos bombos, pois nem todos temos as mesmas afinaçoes e medidas.
se continuarmos nesta direcçao será sem sombra de duvidas um dos teus melhores topicos...
penso eu...
ou entao juntarmos todos os topicos concernando esta questao num só para futura pesquisa...
nao sei
Olá Enes,

eu para mim não é errado o tom de 16" vibrar ou apanhar a nota do bombo, há pessoal que não gosta que o tom de 16" vibre e ressoe a cada kickada, a mim pessoalmente não me influencia porque se está tudo afinado e com o som que quero não vou mudar o som simplesmente porque há uma junção de frequências. Só no check-sound é que quando o técnico pede bombo eu ponho a mão em cima do Tom para ele não ressoar junto.
Mas quanto á tua pergunta, afino o bombo à nota do casco, não te sei dizer qual é de cor pois não tenho presente mas nessa altura da nota do casco tenho uma viola ou um teclado perto para apanhar a nota, depois aí é que vejo e afino para o timbre do casco, para o casco cantar em consonância com a pele. Cada bombo é um bombo e cada caso é um caso.
Se forem outras medidas como dizias, 8,10,14" ou 12,16": no primeiro caso afino da mesma forma que disse no post em cima, consonância 8 e 14". No caso 12,16" e pensando que seriam na minha forma de ver medidas Rock, afinaria o mais ressonante e grave possivel, numa afinação lassa.

Mas tal como disse tudo varia para o gosto, para a bateria e para o estilo musical que se vai tocar. Eu por exemplo e voltando aos bombos sou daqueles que não gosta da pele de ataque demasiado lassa, porque o bombo não vai ter nota nem um timbre, vai ter um som morto e seco. Mesmo no ressalto do beater não me agrada demasiado lassa.

Acharia uma óptima ideia tal como disseste de juntar várias opiniões de afinações neste tópico e trocarmos ideias sobre o que cada um faz e o que cada um pensa das peles de ressonância da sua bateria.

Mudem-nas com a regularidade correcta e mantenham o vosso som saudável.

Abraços.

Última edição de Pipó : Dom, 30 de Maio de 2010 às 20:18. Razão: Mensagem automaticamente fundida/mesclada pelo sistema.
Pipó não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Seg, 31 de Maio de 2010   #21
Afonzo
 
Membro desde: 9-Set-2008
Local: Valpaços
Mensagens: 942
Afonzo é mesmo fixeAfonzo é mesmo fixeAfonzo é mesmo fixeAfonzo é mesmo fixeAfonzo é mesmo fixeAfonzo é mesmo fixe
Re: A importância das peles de ressonância - dicas

Excelente tópico..
Desde que tenho a minha bateria nunca consegui afinar em termos o tom de 12" NUNCA :(

Soa-me sempre a cartão.. o som morre logo... já mexi na resso.. na de ataque.. já troquei de peles e nada.. sempre o mesmo.. SEMPRE.. :(

Achas que me podes ajudar pipó?
__________________
[SIGPIC][/SIGPIC]
Afonzo não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Seg, 31 de Maio de 2010   #22
Bernardo
 
Membro desde: 29-Out-2009
Local: Porto
Mensagens: 2.459
Bernardo tem uma aura espectacular à voltaBernardo tem uma aura espectacular à voltaBernardo tem uma aura espectacular à volta
Re: A importância das peles de ressonância - dicas

Som fechado, que queres dizer com isso ? Demasiado abafado que nem deixe o timbalão soar ?
Sim é uma bateria de gama mais baixa infelizmente, será que funcionará Pinstripe (sendo já de caracteristicas mais graves, secas, etc.) com Ebony (que é uma pele mais fina correcto?) ?
Mas nunca colocando muito harmónico aquilo, quero uma cena cheia, grave mas nao com harmonico .

Um abraço!
Bernardo não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Seg, 31 de Maio de 2010   #23
Pipó
 
Membro desde: 25-Jan-2007
Local: Lisboa
Mensagens: 1.973
Pipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luz
Re: A importância das peles de ressonância - dicas

Citação:
Mensagem Original de Afonzo Ver Mensagem
Excelente tópico..
Desde que tenho a minha bateria nunca consegui afinar em termos o tom de 12" NUNCA :(

Soa-me sempre a cartão.. o som morre logo... já mexi na resso.. na de ataque.. já troquei de peles e nada.. sempre o mesmo.. SEMPRE.. :(

Achas que me podes ajudar pipó?
O Tom de 12" costuma mesmo ser o patinho feio da bateria..
Tens a vintage A de ataque certo.. e reso?

Tenta seguir os passos que pus no primeiro post, tenta apanhar a nota do casco e põe a pele de ataque a soar redonda e bonita. Depois põe a reso um pouco mais apertada que a de ataque porque se dizes que o som está seco tens de dar-lhe mais ressonância e isso consegues tendo a pele reso mais apertada que a de ataque.

Pipó adicionou o seguinte texto, 1 minutos e 41 segundos depois:

Citação:
Mensagem Original de Punksongsdrummer Ver Mensagem
Som fechado, que queres dizer com isso ? Demasiado abafado que nem deixe o timbalão soar ?
Sim é uma bateria de gama mais baixa infelizmente, será que funcionará Pinstripe (sendo já de caracteristicas mais graves, secas, etc.) com Ebony (que é uma pele mais fina correcto?) ?
Mas nunca colocando muito harmónico aquilo, quero uma cena cheia, grave mas nao com harmonico .

Um abraço!
Então sendo uma bateria de gama baixa penso que não perdes nada em experimentar pinstripe coated de ataque com ambassador coated de ressonância e dado também que pretendes um som cheio e controlado. Só experimentando é que chegas ao que gostas.

Abraço.

Última edição de Pipó : Seg, 31 de Maio de 2010 às 14:37. Razão: Mensagem automaticamente fundida/mesclada pelo sistema.
Pipó não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Seg, 31 de Maio de 2010   #24
Afonzo
 
Membro desde: 9-Set-2008
Local: Valpaços
Mensagens: 942
Afonzo é mesmo fixeAfonzo é mesmo fixeAfonzo é mesmo fixeAfonzo é mesmo fixeAfonzo é mesmo fixeAfonzo é mesmo fixe
Re: A importância das peles de ressonância - dicas

Obrigado Pipó, de resso tenho diplomat!
__________________
[SIGPIC][/SIGPIC]
Afonzo não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Seg, 31 de Maio de 2010   #25
JoãoMartins
 
Membro desde: 3-Jan-2008
Local: Lisboa
Mensagens: 23
JoãoMartins está no bom caminho
Re: A importância das peles de ressonância - dicas

Citação:
Mensagem Original de Lu Batera Ver Mensagem
Referes-te aos aros da pele de ressonância da tarola? Bem, por um lado, já uso tensões diferentes em todas as peles, pois nunca procuro uma tensão uniforme nos parafusos, mas sim um som na pele, e para isso pode haver diferenças de tensão nas roscas dos parafusos; por outro lado, no aro de baixo da tarola existe um corte no aro na zona do snare, pelo que me parece até que o facto de gerar menos tensão aí na pele pode até levar a que o aro se empene menos, pois nessa zona o aro é um pouco mais frágil.
Sim, neste caso estava-me a referir a esses, mas a minha dúvida também se aplica aos restantes aros da bateria. Quando dizes que "nunca procuro uma tensão uniforme nos parafusos, mas sim um som na pele, e para isso pode haver diferenças de tensão nas roscas dos parafusos" o que eu deduzo é que o aro não vai ter uma tensão uniforme em todos os pontos de afinação, certo? E por isso presumo que o aro com o tempo irá empenar. Não sei se utilizas o drum dial mas eu com este "instrumento" tenho por volta dos 74 na ressonant.
JoãoMartins não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Seg, 31 de Maio de 2010   #26
Lu Batera
 
Membro desde: 17-Jan-2007
Local: Barcelona
Mensagens: 750
Lu Batera é mesmo fixeLu Batera é mesmo fixeLu Batera é mesmo fixeLu Batera é mesmo fixeLu Batera é mesmo fixeLu Batera é mesmo fixe
Re: A importância das peles de ressonância - dicas

Citação:
Mensagem Original de JoãoMartins Ver Mensagem
Sim, neste caso estava-me a referir a esses, mas a minha dúvida também se aplica aos restantes aros da bateria. Quando dizes que "nunca procuro uma tensão uniforme nos parafusos, mas sim um som na pele, e para isso pode haver diferenças de tensão nas roscas dos parafusos" o que eu deduzo é que o aro não vai ter uma tensão uniforme em todos os pontos de afinação, certo? E por isso presumo que o aro com o tempo irá empenar. Não sei se utilizas o drum dial mas eu com este "instrumento" tenho por volta dos 74 na ressonant.
Exactamente. É provável que empene os aros com o tempo, é um facto, mas se chegarem mesmo a ficar muito empenados, pode-se comprar outros (que remédio!).

Não utilizo o Drum Dial, por isso não sei dizer nada sobre esse valor que referes. Mas o Leonel (LMR60) abriu há pouco um tópico chamado Tarolas que tem comentários muito úteis sobre isso, incluindo referências do Drum Dial.
Lu Batera não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Qua, 2 de Junho de 2010   #27
JoaoBeato
 
Membro desde: 18-Out-2008
Local: Vinhais
Mensagens: 83
JoaoBeato é uma quantidade desconhecida por enquanto
Re: A importância das peles de ressonância - dicas

Boas.....
"Agora aqui começa a funcionar o gosto pessoal, o tipo de peles, o tipo de cascos, etc. tantos factores que vão influenciar o som mas daria algumas dicas:

Madeira menos duras como o maple gostam de uma afinação média/apertada na pele de ataque, e um pouco mais apertada na pele de ressonância. Ou seja a pele de ressonancia um pouquinho mais apertada que a de ataque. E gostam também mais de peles single ply de ataque para poder cantar ao máximo.

Madeiras mais duras como a bubinga, oak, etc gostam de peles double ply de ataque com single ply de ressonância e afinações iguais nas peles de ataque e de ressonância, ou seja, pele com tensão e nota igual em cima e em baixo."


E PARA BATERIAS BIRCH QUE ACONSELHAM?........ ABraço
JoaoBeato não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Qua, 2 de Junho de 2010   #28
Pipó
 
Membro desde: 25-Jan-2007
Local: Lisboa
Mensagens: 1.973
Pipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luz
Re: A importância das peles de ressonância - dicas

Citação:
Mensagem Original de JoaoBeato Ver Mensagem
Boas.....
"Agora aqui começa a funcionar o gosto pessoal, o tipo de peles, o tipo de cascos, etc. tantos factores que vão influenciar o som mas daria algumas dicas:

Madeira menos duras como o maple gostam de uma afinação média/apertada na pele de ataque, e um pouco mais apertada na pele de ressonância. Ou seja a pele de ressonancia um pouquinho mais apertada que a de ataque. E gostam também mais de peles single ply de ataque para poder cantar ao máximo.

Madeiras mais duras como a bubinga, oak, etc gostam de peles double ply de ataque com single ply de ressonância e afinações iguais nas peles de ataque e de ressonância, ou seja, pele com tensão e nota igual em cima e em baixo."


E PARA BATERIAS BIRCH QUE ACONSELHAM?........ ABraço
Amigo João como estás?

O Birch insere-se nas madeiras menos duras mas é uma madeira por si só muito controlada e equalizada por isso também aconselho pele single-ply apesar de double ply também funcionar. Lá está dependerá do gosto.

Abraço.
Pipó não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Qua, 2 de Junho de 2010   #29
JoaoBeato
 
Membro desde: 18-Out-2008
Local: Vinhais
Mensagens: 83
JoaoBeato é uma quantidade desconhecida por enquanto
Re: A importância das peles de ressonância - dicas

Esta tudo bem.... eu ja tinha lido aqui no forum que para birch aconselhavam dupla camada mas la esta depende dos gostos....
JoaoBeato não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Qui, 3 de Junho de 2010   #30
Pipó
 
Membro desde: 25-Jan-2007
Local: Lisboa
Mensagens: 1.973
Pipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luz
Re: A importância das peles de ressonância - dicas

Citação:
Mensagem Original de JoaoBeato Ver Mensagem
Esta tudo bem.... eu ja tinha lido aqui no forum que para birch aconselhavam dupla camada mas la esta depende dos gostos....
claro dependerá do gosto, da bateria e também do bearing edge, se fôr por exemplo um bearing edge a 30º ou 35º como nas yamaha recording custom single ply na minha opinião funciona melhor pois com esse bearing edge tens um som muito redondo com menos ataque. Se fôr um bearing edge de 40º ou 45º já tens um som mais acutilante e com ataque então a pele double ply funcionará tb bem.

Abraço.
Pipó não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Qui, 3 de Junho de 2010   #31
JoãoMartins
 
Membro desde: 3-Jan-2008
Local: Lisboa
Mensagens: 23
JoãoMartins está no bom caminho
Re: A importância das peles de ressonância - dicas

Recentemente adquiri uma rmv concept x5. Que peles me aconselham? Eu estou mais inclinado para as single ply nos toms e uma aquarian super kick II no bumbo. Penso que estas funcionarão bem. Já agora alguém sabe qual é o ângulo dos bearing edgs?

Abraço
JoãoMartins não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Qui, 3 de Junho de 2010   #32
Pipó
 
Membro desde: 25-Jan-2007
Local: Lisboa
Mensagens: 1.973
Pipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luz
Re: A importância das peles de ressonância - dicas

Citação:
Mensagem Original de JoãoMartins Ver Mensagem
Recentemente adquiri uma rmv concept x5. Que peles me aconselham? Eu estou mais inclinado para as single ply nos toms e uma aquarian super kick II no bumbo. Penso que estas funcionarão bem. Já agora alguém sabe qual é o ângulo dos bearing edgs?

Abraço
Olá João,

tive uma bateria igualzinha a essa e o que eu usava era ambassador coated de ataque ( agora podes experimentar as novas ambassador X que são brutais ) e ambassador clear de ressonância, isto falando dos toms.
No bombo uma powerstroke3 clear de ataque e se tiveres a pele de ressonância de origem que é uma RMV Fx coated white troca ou por uma powerstroke3 ebony ou black Suede, ou melhor ainda uma Emperor Coated.

Abraço.
Pipó não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Qua, 9 de Junho de 2010   #33
Pipó
 
Membro desde: 25-Jan-2007
Local: Lisboa
Mensagens: 1.973
Pipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luz
Re: A importância das peles de ressonância - dicas

Alguém que tenha utilizado as dicas do primeiro post na afinação e tenha tido sucesso?

Gostava de saber se foi útil a alguém e que resultados teve..
Pipó não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Qua, 9 de Junho de 2010   #34
Afonzo
 
Membro desde: 9-Set-2008
Local: Valpaços
Mensagens: 942
Afonzo é mesmo fixeAfonzo é mesmo fixeAfonzo é mesmo fixeAfonzo é mesmo fixeAfonzo é mesmo fixeAfonzo é mesmo fixe
Re: A importância das peles de ressonância - dicas

Tentei no miserável de 12" pipó.. mas... NADA.
Melhorou... mas não chegou lá!

Abraço.
__________________
[SIGPIC][/SIGPIC]
Afonzo não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Não lido Qua, 9 de Junho de 2010   #35
Pipó
 
Membro desde: 25-Jan-2007
Local: Lisboa
Mensagens: 1.973
Pipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luzPipó é um glorioso foco de luz
Re: A importância das peles de ressonância - dicas

Citação:
Mensagem Original de Afonzo Ver Mensagem
Tentei no miserável de 12" pipó.. mas... NADA.
Melhorou... mas não chegou lá!

Abraço.
Bem eu já posso pôr a hipótese que será um defeito do bearing edge do teu tom mano, basta isso para nunca conseguires afiná-lo decentemente.. mas também por vezes pode ser de uma pele que n está boa mas como mudaste de peles já algumas vezes..

Tenho pena que o pessoal não participe mais neste género de tópicos e quando se fala de material está sempre cheio de respostas. Secalhar é por isto que não se escreve mais tópicos que realmente importam sobre tocar e afinar.. Desabafo apenas..

Abraço!
Pipó não está cá agora...   Citar esta Mensagem
Resposta



Opções

Regras
Aqui não podes criar novos assuntos
Aqui não podes responder a mensagens
Aqui não podes colocar anexos
Aqui não podes editar as tuas mensagens

Código vB está Ligado
Smilies estão Ligados
Código [IMG] está Ligado
Código HTML está Desligado
Escolher Fórum

Assuntos Semelhantes
Assunto Autor do Assunto Fórum Respostas Última Mensagem
PRATOS – Dicas para uma correcta Escolha e Teste João Timbalão Pratos (Cymbals) 43 Sex, 29 de Agosto de 2014 12:13
ESTUDO: O som e o isolamento acústico seis_e_meia Som, Acústica, Software e Sites de internet 12 Ter, 2 de Outubro de 2012 23:12
RMV -> P'ra alguns :) Stupify Baterias Acústicas 17 Seg, 17 de Janeiro de 2011 15:32
[Entrevista] Nicko McBrain - Baterista de Iron Maiden Leodreammer Bateristas e Percussionistas 5 Dom, 15 de Fevereiro de 2009 17:40
DIVULGAÇÃO: Metallica dia 28 de junho no Super Bock Super Rock 2007!!! (Lisboa) crab_viseu Concertos, Exposições e Eventos (geral) 225 Qua, 4 de Julho de 2007 00:37



São agora 14:26. (horário GMT +1)


Design by: vithorius
Copyright ©2001 - 2017, Fórum BateristasPT.com
Powered by vBulletin®
Copyright ©2000 - 2017, Jelsoft Enterprises Ltd.
Gravatar as Default Avatar by 1e2.it